CidadesCuriosidadesEducaçãoMenu Principal

Chapada: Projeto ‘Educação em Direitos’ chega a Lençóis com foco nas comunidades tradicionais

capa
Duas palestras sobre o tema serão realizadas em comunidades quilombolas de Remanso e Iúna | FOTO: Reprodução/Arquivo |

O município de Lençóis, na Chapada Diamantina, foi escolhido este ano para sediar a segunda edição do projeto ‘Educação em Direitos’ da Defensoria Pública da União (DPU) – com sede em Salvador. Nos próximos dias 29 e 30 de agosto estão previstas na cidade chapadeira a realização de duas palestras sobre o tema, além de visitas a duas comunidades quilombolas da região: Remanso e Iúna. O objetivo é orientar os cidadãos acerca dos seus direitos e esclarecer sobre as atribuições da instituição federal de assistência jurídica gratuita, dando ênfase aos direitos das comunidades tradicionais.

De acordo com as defensoras federais Izabela Luz e Charlene Borges, que participarão da ação, o projeto de ‘Educação em Direitos’ com enfoque nas comunidades tradicionais foi motivado pela recente capacitação nesta área oferecida aos colaboradores da DPU em Salvador. Realizado em junho, o curso foi ministrado pelo professor e geógrafo Diosmar Santana e pelo professor Júlio Rocha, também diretor da faculdade de Direito da Universidade Federal da Bahia (Ufba).

No primeiro dia, quinta-feira (29), está prevista a realização de uma palestra voltada às lideranças e moradores de comunidades tradicionais de Lençóis, Seabra e cidades da região, a partir das 9h, na Câmara de Vereadores de Lençóis, na rua Domingos Batista de Souza, 14, Centro. À tarde, os diálogos serão realizados na Secretaria de Assistência Social da cidade, localizada na avenida Sete de Setembro, s/n, Centro. Os dois eventos são abertos ao públicos e estão sujeitos à capacidade dos espaços.

Já no dia 30 de agosto, a equipe da DPU visitará as comunidades tradicionais quilombolas certificadas de Remanso e Iúna. A Bahia é o estado brasileiro com maior número de comunidades quilombola: 747 do total de 3 mil comunidades certificadas no país.

Esta edição conta com o apoio da Secretaria de Assistência Social e da Câmara de Vereadores de Lençóis. A Prefeitura de Seabra comprometeu-se a ceder o transporte de lideranças e membros quilombolas da cidade para que eles participem dos eventos. Seabra possui cerca de 10 comunidades tradicionais quilombolas e está localizada a 71 km de Lençóis. As informações são de assessoria.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas