CidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal

Lucinha intensifica campanha e recebe apoio em municípios do sul e extremo sul da Bahia

Lucinha do MST durante agenda nas regiões sul e extremo sul da Bahia | FOTO: Jonas Santos |

A campanha para o Processo de Eleição Direta (PED) do PT entra na reta final. E neste final de semana a caravana da chapa Optei-EPS, encabeçada por Vera Lúcia Barbosa (Lucinha), esteve nos municípios do sul e extremo sul da Bahia. Os militantes da corrente Esquerda Popular Socialista visitaram vários municípios com a missão de construir um programa amplo para o diretório estadual da sigla que governa o estado. Trabalhadores rurais, movimentos sociais e sindicais, as classes historicamente excluídas – mulheres, LGBTIQ+, comunidades de povos e comunidades tradicionais (PCT’s), indígenas e membros de outras tendências internas do PT participaram das plenárias em Itamaraju, Camacan, Alcobaça, Teixeira de Freitas, Eunápolis, Mucuri, Prado, Itabuna, Medeiros Neto, Wenceslau Guimarães , Ituberá, Camamu e Igrapiúna entre a quinta (29) e o domingo (1º).

“Intensificamos as agendas nesta reta final para, fundamentalmente, organizar o partido em diferentes municípios onde a sigla tem robustez política para fazer frente e disputar espaços de poder. Para isso, o primeiro passo é eleger os presidentes de diretórios municipais e, no Congresso Nacional do partido, com nossos delegados, defender um partido ligado aos movimentos sociais e sindicais e às frentes que fazem oposição ao governo Bolsonaro. É preciso que todos e todas participem diretamente das decisões e das políticas criadas pelo PT”. Com essa fala, Lucinha aponta que é assim que será defendido o legado dos governos Lula e Dilma na Bahia caso seja eleita. Membro da corrente EPS, o deputado federal Valmir Assunção (PT- BA), assim como Lucinha, oriundo do Movimentos dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), voltou a defender a renovação do partido em todas as estâncias para que seja um dos protagonistas no processo que pede a liberdade de Lula.

“Sabemos que Lula pode ser libertado a qualquer momento, assim como sabemos que ele não cometeu crime algum. E o povo está ansioso para ter nosso presidente nas ruas, lutando por nossos direitos. É fundamental agora intensificar as ações, os protestos e manifestações contra o governo ultradireitista de Bolsonaro. Somos contra as privatizações e somos contra a reforma da previdência nesse modelo que tira do trabalhador a chance de receber em sua aposentadoria o que lhe é de direito, o que foi conquistado com muito suor e luta”. Lucinha conseguiu apoios importantes para a disputa da presidência do PT estadual. Em Camamu, ela tem a atuação dos petistas Manoel Luz, Domingos, Marilene do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STR) e Patrick. Na cidade de Igrapiúna, tem o apoio do vereador Nildo do MST. Já em Ituberá, a ex-secretária estadual tem o apoio do vice-prefeito Neto Baé (PT).

Em Wenceslau Guimarães, a chapa conta com o vereador e presidente do PT, Álvaro, além do vice-presidente, Neimar, e Edinalva. Também tem Jeanderson, que é articulador político do MST. Na cidade de Medeiros Neto, Lucinha tem o apoio do ex-vice-prefeito do PT local, Valdir Costa, professora Margarete, filiada histórica do PT, do sindicalista Zé Nilton, além de Elias, Cida Fernandes e Arnaldo Leal. As agendas foram acompanhadas por Lucinéia Durães (Liu) e Evanildo Costa, ambos da direção nacional do MST. A candidata tem em Gandu o apoio de Eunir Guimarães. Em Prado, a chapa se reuniu com o candidato a presidente do PT municipal José Mendes da Mota, além de ter o vice-prefeito ‘Lindão’ e lideranças políticas como os vereadores Boloca, Luciana, Odilei e Gilvan Produções.

Já em Eunápolis, Lucinha tem o apoio de Valdemar Santos, candidato à presidência no município, de Paulo César (PC), dirigente regional do MST, e de André, que é o atual presidente do PT local. Lucinha também se reuniu com lideranças de Alcobaça como o vereador Gildásio Trindade e Uelton a APLB. No município de Teixeira de Freitas, a candidata tem o apoio do ex-vereador Garotinho, professor Agnaldo, Luciano do Santo Antonio, Dito da Patrol, Denis e Coronel Magalhães. Mucuri tem os professores Jorge Marçal e Laurien, o ex-vereador Peba, e Juca Andrade. Em Itamaraju temos os ex-vereadores Portugal, Vazão, Paulo Vitor, e Ramires, além de Jota Neto e Toezinho. Em Camacan, Joilson, Marcos e Edna, dirigente regional do MST também declararam apoiar Lucinha. E em Itabuna, o candidato Valdir Mesquita, professor da UEsc e vice-presidente do PT vai disputar a presidência com o apoio da chapa Optei-EPS.

Etiquetas
Mostrar mais

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Pular para a barra de ferramentas