CidadesCuriosidadesEsportesMenu PrincipalTop
Trending

#Tragédia: Pai de empresário que morreu após saltar de ‘rope jumping’ revela que ninguém queria que ele saltasse

Ao saltar, Adam foi imediatamente de encontro ao solo e morreu na hora por politraumatismo craniano.

Adam Esteves Cardoso, de 25 anos, morreu ao subir no parapeito de um viaduto para fazer sua estreia nos esportes radicais, com um salto de ‘rope jumping’. O caso foi registrado no último sábado (3 de outubro). O empresário pulou de viaduto em Minas Gerais, a 107 metros de altura, preso por cordas e equipado com capacete. A corda que estava presa ao corpo do jovem deveria ter ficado a, no mínimo, cinco metros do chão quando fosse esticada. Ao saltar, Adam foi imediatamente de encontro ao solo e morreu na hora por politraumatismo craniano.

“Ninguém queria que ele fosse, a mãe dele pediu para ele não pular. Mas ele estava empolgado, era jovem e insistiu que conhecia gente que já tinha pulado. Então ele foi, estava alegre no dia, eu vi as imagens antes do salto. Mas ele pulou e foi direto para o chão. Como ele caiu em pé, o corpo dele encolheu com o impacto. Meu filho ficou todo estourado. Eu precisei ir até lá para ver com meus próprios olhos porque eu não queria acreditar nisso”, disse Luiz Carlos Martins Cardoso, pai de Adam.

A Polícia Civil investiga se pode ter acontecido algum erro no ajuste da corda, que teria ficado longa demais no momento do salto de Adam e causado a tragédia. No dia do acidente, Adam estava na companhia do primo, que saltaria depois dele.

“O Adam convidou o primo para passear com ele. Veja você, meu filho pagou R$ 130,00 para morrer e gastou outros R$ 130,00 para o primo dele ficar traumatizado. Ele foi parar no hospital em estado de choque. Agora, já está em casa mas não para de lembrar do que aconteceu e chorar. Os dois eram muito amigos, cresceram juntos”, contou Luiz Carlos. Redação do site da Revista IstoÉ.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios