CidadesCuriosidadesEditorialMenu PrincipalTop
Trending

#Vídeo: “No meu tempo não tinha bullying, não. O pau cantava”, diz o presidente Bolsonaro

Bolsonaro voltou a cultuar a violência ironizando o bulliyng contra crianças obesas ao comentar a declaração de um apoiador que ofereceu um projeto de educação física para escolas militares para "acabar com o bulliyng".

O negacionismo de Jair Bolsonaro não se restringe às declarações sobre a pandemia do coronavírus e o uso de medicamentos sem comprovação científica contra a covid-19. Tampouco a ignorância do presidente se resume à economia, jogando a Petrobras para ser devorado junto aos leões do sistema financeiro.

Na manhã desta terça-feira (23), o presidente voltou a cultuar a violência ironizando o bulliyng contra crianças obesas ao comentar a declaração de um apoiador que ofereceu um projeto de educação física para escolas militares para “acabar com o bulliyng”.

“Acabar com bullying, no meu tempo não tinha bullying não, gordinho batia em todo mundo, agora gordinho é vítima. Porra… o pau cantava”, disse o presidente, afirmando que o combate a atos violentos estaria levando mundo para pior. “Que mudança pra pior que o mundo tá dando aí… bullying? Pelo amor de Deus”. Redação do site Revista Fórum.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios