CidadesCuriosidadesEducaçãoMenu Principal
Trending

#Bahia: Com intervenção de Valmir, complexo educacional terá investimento de quase R$20 mi em Teixeira de Freitas

“A licitação já saiu e o colégio deve ser construído no prazo de 12 meses para atender mais de 530 estudantes da região", diz o deputado federal baiano.

Um complexo educacional com capacidade para 536 estudantes e toda a infraestrutura esportiva e laboratorial para pesquisas em diferentes áreas será construído pelo governo estadual no município de Teixeira de Freitas, no extremo sul da Bahia. A medida teve a intervenção do deputado federal Valmir Assunção (PT-BA) e é orçada em R$19,8 milhões. Para o parlamentar petista, o colégio estadual é mais um importante equipamento para a população da região, vai qualificar o ensino público e dará mais oportunidade de estudantes aprimorarem as formações unindo educação, esporte e lazer.

“A licitação já saiu e o colégio deve ser construído no prazo de 12 meses para atender mais de 530 estudantes da região. Terá uma estrutura que vai possibilitar mais interação com matérias práticas e unindo teoria, além de aliar educação com esporte e atividades extracurriculares, já que terá laboratórios, auditório, piscina, quadra, campo society, sala de dança e multifuncional”, declara Valmir, que destrinchou o projeto com o secretário estadual de Educação (SEC), Jerônimo Rodrigues, e com a diretoria regional do Núcleo Territorial de Educação (NTE-7) do extremo sul, Maria Dias, a popular ‘Lia’.

De acordo com o projeto da SEC, o colégio terá pavimento térreo com auditório para 175 lugares, dois camarins, biblioteca, secretaria, diretoria, coordenação pedagógica, salas de professores e multimídia, laboratórios de línguas e de informática, dois laboratórios de ciências, salas multifuncional, de dança e de vivência corporais, copa e sanitários para servidores. Já no pavimento superior terá 12 salas de aula e sanitários estudantes, além do bloco de ampliação com mais 12 salas de aula e mais sanitários. Tem ainda o bloco de refeitório e cozinha industrial. O refeitório tem 416 lugares e sanitários.

“Terá uma estrutura para potencializar o ensino público na região. O governo Rui Costa tem esse compromisso com o desenvolvimento regional e vai instalar outras unidades dessas em outras regiões”, sintetiza Valmir. No projeto do colégio, ainda tem sala de pré-seleção, lavagem/desinfecção, câmara fria e congelada, central de resíduos, área de cocção, salas de lavagem, de preparo de vegetais e de carnes, cantina e sanitários. Piscina com arquibancada e vestiários, além de quadra coberta com arquibancada e campo de futebol society. E tem também uma área externa com paisagismo e bicicletário. As informações são de assessoria.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo