CidadesCuriosidadesEducaçãoMenu PrincipalTop
Trending

#Chapada: Prefeita de Morro do Chapéu inaugura Academia de Saúde e amplia infraestrutura do município

O local recebeu o nome do primeiro filho legítimo do município a lutar na 2ª Guerra Mundial: Claudionor de Sena Marques.

A prefeita Juliana Araujo (PL), do município de Morro do Chapéu, na Chapada Diamantina, inaugurou a ‘Academia de Saúde Claudionor de Sena Marques’ no bairro ‘São Sebastião’, na última sexta-feira (16). A homenagem foi ao primeiro filho legítimo da cidade a lutar na 2ª Guerra Mundial.

Ao fim da guerra, em 1945, Claudionor retornou à sua terra natal, onde foi recebido com desfiles acompanhado pela Filarmônica Minerva. No entanto, ele não conseguiu uma aposentadoria em razão, de acordo com a gestão, do descaso das autoridades.

Em parceria com o Legislativo Municipal, após 70 anos de sua façanha, a gestão atual da cidade reconheceu seus méritos, realizando essa homenagem. O novo espaço de lazer fica em frente à casa da popular ‘Dona Zizi’, de 94 anos, sobrinha mais velha do combatente.

A residente chegou a ganhar um banco com o seu nome na nova praça. “Só agora fizeram essa homenagem. Já tinha perdido a esperança, pois aqui tinha muita poeira e lixo”, salientou.

De acordo com a prefeita, é importante a “preservação do nosso patrimônio e cultura” e disse que a homenagem foi um compromisso de campanha. “Se outros não valorizaram, nós vamos sempre enaltecer a história de Morro do Chapéu”, frisou Juliana.

Parentes do soldado Claudionor estiveram presentes na solenidade. João Rodrigues da Silva, de 78 anos, nasceu em 1943, ano em que Claudionor se alistou nas Forças Expedicionárias. Ele era sobrinho do ex-combatente. “Essa homenagem devia ter acontecido há muito tempo”, pontuou.

Além da prefeita, a cerimônia contou com a presença de diversos secretários municipais e do presidente estadual do PL-BA e ex-deputado estadual e federal, José Carlos Araujo. “Assinaram antes essa obra com o Fundo Nacional (Fundo Nacional de Saúde – FNS), mas não realizaram. Esta obra é mais um dos marcos da gestão de Juliana Araújo”, ressaltou.

Ao fim da guerra, em 1945, Claudionor retornou à sua terra natal, onde foi recebido com desfiles acompanhado pela Filarmônica Minerva | FOTO: Divulgação |

Reconhecimento
De acordo com uma residente, a Dona ‘Francisquinha’, 65 anos, cearense, e que mora há 44 anos em Morro do Chapéu e há mais de 20 anos, pontuou o reconhecimento da obra “Nunca entrou um prefeito aqui como a Dra. Juliana. Esse local era abandonado. Hoje nós podemos finalmente levantar uma bandeira na nossa cidade. Precisávamos de uma academia para os idosos e nunca teve, e só ela fez isso para as pessoas de idade daqui de Morro do Chapéu”, disse a comerciante.

Calçamento intertravado
No mesmo dia, a prefeita também assinou a ordem de serviço para o início das obras de calçamento intertravado das quatro ruas principais do bairro ‘Pachola’. “Agora vocês terão mais dignidade. As donas de casa vão poder limpar suas casas e não vão precisar se incomodar com aquela poeira que ficava entrando depois da limpeza”, afirmou a gestora.

Jornal da Chapada

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios