Investidor diz que Tim será vendida por pelo menos R$ 58 bilhões

Postado em set 4 2014 - 4:18pm por Jornal da Chapada
fotos

Recentemente a Oi informou que contratou o banco BTG Pactual para tentar comprar a Tim da Telecom Italia | FOTO: Reprodução |

Há movimentações intensas em torno da Tim e a empresa pode ou trocar de mãos ou simplesmente desaparecer do mercado brasileiro. Mas isso não sairá barato. Em entrevista à Reuters, o investidor Marco Fossati, que controla pouco menos de 5% da Telecom Italia – dona da Tim Participações -, declarou que qualquer oferta pela operadora brasileira deve ser feita por pelo menos o dobro de seu valor de mercado atual, que é de € 10 bilhões, o equivalente a R$ 29,3 bilhões. Ou seja, para comprar a Tim, é preciso desembolsar algo em torno de R$ 58 bilhões.

“Se operadoras brasileiras querem reduzir o número de competidores de quatro para três, com sinergias enormes, seria melhor se apresentassem uma oferta que avalia a TIM em 11 vezes o seu Ebitda (lucro sem juros, impostos, amortização e depreciação)”, comentou. Caso contrário, o investidor italiano avisou que as ofertas nem serão levadas em consideração.

Recentemente a Oi informou que contratou o banco BTG Pactual para tentar comprar a Tim da Telecom Italia. A Telefónica (da Vivo) e a América Móvil, que controla a Claro, também entrariam no bolo para dividir a empresa. Com isso, a Tim pode desaparecer.

Antes disso, a Telecom Italia fez uma oferta para comprar a GVT, mas a Vivendi, que controla a GVT, preferiu dar exclusividade a uma proposta da Telefónica. Caso o negócio seja fechado, a Vivendi pode se tornar dona de uma fatia da Tim de forma indireta, já que a Telefónica detém uma parte da empresa. Extraído do Olhar Digital.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.