Chapada: Mucugê recebe projeto Quarta que Dança no dia 10 de setembro

Postado em set 5 2014 - 6:20pm por Jornal da Chapada
fotos

Depois da estreia na capital, o projeto começa a programação no interior nas cidades de Juazeiro, Lauro de Freitas e Mucugê | FOTO: Divulgação |

Na próxima quarta-feira (10) acontece a segunda semana da 16ª edição do Quarta que Dança, promovido pela Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb), entidade vinculada à Secretaria de Cultura do Governo do Estado (Secult-BA). A programação apresenta cinco trabalhos, em Salvador, Juazeiro, Lauro de Freitas e Mucugê, essa última cidade na região da Chapada Diamantina. Todas as sessões são gratuitas. Na capital, serão dois espetáculos, ambos às 20 horas, em diferentes regiões da cidade. No Centro Cultural Plataforma, Partes de Um Todo mostra o resultado de um processo de criação do Grupo Experimental de Jazz, em que os criadores utilizam da movimentação jazzística para fazer interpretações pessoais e compartilhadas diante dos sentimentos gerados pelas músicas. Já no Espaço Xisto Bahia (Barris), o Grupo Sonho de Valsa encena […deixe que eu fique contigo por uma hora apenas…] Fragmentos de uma Solidão, motivado pelas cores de um quadro de família de Jan Steen e a pergunta “o que você gostaria de dizer e não disse?”, refletindo sobre o contraste da vida cotidiana e a melancolia de um outono europeu para pensar a solidão.

No mesmo horário, o Cine-Teatro Lauro de Freitas, em Lauro de Freitas, Região Metropolitana de Salvador, recebe o espetáculo 7, da Jorge Silva Cia. de Dança, inspirado neste número cabalístico, que conduziu a pesquisa até as “oferendas”, no sentido de oferecer o alimento não apenas biológico, como também o alimento da alma. Sob essa ótica, se estabelece um paralelo entre o que o negro possui em termos de cultura e os elementos da cultura europeia. No Sertão do São Francisco, em Juazeiro, a intervenção urbana E se você fosse?, de Cleybson Lima, ocupa a tarde da Praça da Misericórdia. A ação retrata o corpo como matéria trans, em suas mais diversas variações morfológicas, inserido em meio às necessidades humanas como uma espécie de casca. Aceitar ou não esta casca é o que o artista que dança quer tornar concreto.

Por fim, na Chapada Diamantina, no município de Mucugê, às 20 horas, o Palco Fixo da Praça dos Garimpeiros acolherá o espetáculo Sons e Sombras, de Flor Violeta, que explora as relações entre o som, o movimento e a luz, transformando o palco em um laboratório de composição em cena. A partir da concepção da obra de arte enquanto processo constante de criação e interlocução, se estabelecem diálogos possíveis entre os elementos expostos.

Quarta que Dança 2014
Dez espetáculos, quatro intervenções urbanas e três danças de rua compõem a programação da 16ª edição do Quarta que Dança, que promove apresentações em Salvador e mais quatro cidades: Juazeiro, Lauro de Freitas, Mucugê e Porto Seguro. Cada trabalho será encenado duas vezes, em locais diferentes, gratuitamente, contabilizando 34 sessões de um panorama contemporâneo da diversidade da produção em Dança na Bahia. As 17 propostas participantes foram selecionadas dentre 74 inscritas em edital público. A programação completa pode ser consultada na página www.fundacaocultural.ba.gov.br/qqd.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.