Paulo Souto: “O governo do PT não tem compromisso com a vida dos baianos”

Postado em set 25 2014 - 2:55pm por Jornal da Chapada
souto

Paulo Souto durante comício em Porto Seguro | FOTO: Valter Pontes/Coperphoto |

“O governo do PT não tem compromisso com a vida dos baianos. Não cuidou da saúde pública nem evitou os mais de 37 mil assassinatos em quase oito anos”, disse o candidato a governador, Paulo Souto, da coligação “Unidos pela Bahia”, no bairro Baianão, em Porto Seguro, onde fez comício na noite de ontem (24), ao lado dos companheiros de chapa Joaci Góes (vice) e Geddel Vieira Lima (senador). Na jornada pelo Extremo-Sul, nesta quarta-feira, os líderes nas pesquisas estiveram ainda em Belmonte e Santa Cruz de Cabrália.

De acordo com Paulo Souto, um governador precisa ter consciência de que a maior prioridade de um gestor público é dar atenção especial aos setores que afetam diretamente a vida das pessoas, como a segurança, saúde, educação e o desenvolvimento econômico, que proporciona a criação de empregos. “O atual governo não cumpriu suas obrigações com o povo baiano, que agora diz: chega de PT”.

Na ocasião, Souto defendeu medidas para a contenção da criminalidade na Bahia, envolvendo ações de repressão policial, passando ainda por um maior esforço do governo para cuidar dos jovens. “Se eleito, irei implantar escolas em tempo integral no nível médio, para que os jovens possam fazer o curso normal pela manhã e ter aulas de reforço e atividades esportivas e culturais pela tarde, tornando mais difícil a cooptação para o crime, melhorando as perspectivas de futuro do povo de nossa terra”, afirmou.

O candidato democrata a governador observou a necessidade de estimular o turismo em Porto Seguro, aumentando a oferta de empregos na região. “Para ajudar os jovens a aproveitar mais as oportunidades, vamos investir na qualificação da mão de obra, dando cursos profissionalizantes de boa qualidade, tendo como entidades parceiras o Sesi e o Senai”, informou.

Paulo Souto criticou a falta de vontade política do atual governo para construir um novo aeroporto em Porto Seguro, com capacidade para receber voos internacionais diretos. “Faltou interesse a um governador que dizia o tempo todo ser íntimo do ex-presidente e ter vantagens por ser do mesmo partido da presidenta”, disse, lembrando que, na sua gestão, iniciou a construção de estradas na região, como aquelas de Arraial d´Ajuda e Trancoso, favorecendo a instalação de novos empreendimentos hoteleiros, gerando empregos para a população. “E tudo isso de repente parou com o PT”, lamentou.

Em discurso, o ex-prefeito de Porto Seguro, Ubaldino Jr., denunciou o uso de dinheiro público pela prefeitura na campanha de Rui Costa. “Na última sexta-feira aconteceu um grave crime eleitoral aqui, quando mais de 1,5 mil carros foram abastecidos no posto de gasolina da prefeitura para a carreata do candidato petista a governador. Estão fazendo campanha com o dinheiro do povo. Isso é ainda mais grave numa cidade em que faltam remédios e médicos no posto de saúde”, afirmou.

Além de Joaci Góes e Geddel Vieira Lima, acompanharam Paulo Souto o ex-prefeito de Porto Seguro, Jânio Natal, o candidato a deputado federal, Uldurico Jr., o vereador Danilo Suprilar e lideranças políticas locais e regionais.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.