CidadesCulturaCuriosidadesMenu Principal

Chapada: Conheça Conceição dos Gatos e descubra histórias da região

Visitar a comunidade é uma opção para contemplar a natureza, degustar sabores regionais e ainda viajar pela história com os relatos dos antigos moradores.

Conta-se que uma senhora chamada Conceição chegou à comunidade com um cesto cheio de gatos. No entanto, a cultura popular narra, também, a existência da família “Gatos”, a qual teria emprestado seu sobrenome ao lugar.

Situada a oeste do Parque Nacional da Chapada Diamantina, Conceição dos Gatos é um vilarejo de Palmeiras que está começando a ganhar fama entre os turistas. Seu cenário natural, repleto de montanhas e com uma flora exuberante, com a presença de quaresmeiras, bromélias e do são-joão, é propício para diversos passeios, dentre eles, o ecoturismo e o de base comunitária.

Casa de farinha | FOTO: Verusa Pinho |

A cerca de 10km do Vale do Capão, a comunidade faz parte da Trilha Griô das Águas, que inclui contação de histórias, oficina de saberes tradicionais, samba de roda e trio pé de serra, além de visita à Cachoeira da Boa Vista, ao Morrão e às Águas Claras. A localidade ainda dispõe de uma Casa Grande e Senzala, que remonta ao período da escravidão na Chapada Diamantina, bem como casas de farinha, que mantêm o hábito da produção coletiva do alimento.

Principais atrativos

Apesar de ter o clima mais seco que o Vale do Capão, chove regularmente em Conceição dos Gatos, onde os pomares e as hortas caseiras colorem os quintais das casas, com o plantio de banana, café, pés de jaca, laranja, mamão e manga. Criações de gado e galinha também são destaques na região, em que o godó de banana servido com pirão e galinha caipira, ao lado de receitas com palmito de jaca, como o pastel, predomina nos restaurantes – para a alegria dos turistas, que têm a oportunidade de degustar sabores típicos em meio a belas paisagens.

Pouco mais de 40 casas, em geral, construídas com adobe; cerca de 150 moradores, simpáticos e acolhedores, essa é a atmosfera da comunidade, que oferece três principais atrativos:

Cachoeira de Baixo - Verusa Pinho
Cachoeira de Baixo | FOTO: Verusa Pinho |

a Cachoeira de Baixo, a 2km da praça, em torno de 1h de caminhada leve, que beira o leito do rio Conceição e desemboca numa pequena queda d’água;

Cachoeira Boa Vista - Verusa Pinho
Cachoeira Boa Vista | FOTO: Verusa Pinho |

a Cachoeira de Cima ou Boa Vista, que pode ser apreciada através de uma trilha aberta e outra que passa por uma propriedade particular (ao custo de R$ 2,50 por pessoa, em torno de 600m de distância e 10min de caminhada), com um refrescante córrego criado na época do garimpo para desviar água para a exploração de minérios e uma queda de mais de 60m, que permite a prática de escalada;

Poço das Cobras - Verusa Pinho
Poço das Cobras | FOTO: Verusa Pinho |

e o Poço das Cobras, que fica logo acima desta, cerca de 20min, passando por pedras e por dentro d’água – apesar do nome excêntrico e de seus 40m de extensão, não apresenta perigo.

No mês de junho, de 1º a 29, o forró agita a pequena vila, com a banda “Brilhante da Conceição” e comidas típicas em quase todas as casas. Santo Antônio é o padroeiro e deu nome à igreja local, construída em 1941. Para Edimilson Lima, mais conhecido por Missinho, um senhor que se diz o guardião da Cachoeira Boa Vista, o turista deve ser consciente e não interferir de nenhum modo na paisagem natural. “Faço isso com prazer. Todos os dias vou ao local e converso com os visitantes, chamando a atenção para a necessidade de preservar esse patrimônio”, relata.

Com hospedagens e restaurantes caseiros, o lugar é ideal para quem gosta de descobrir novos caminhos, contemplar a natureza, escalar montanhas, banhar-se em rios e cachoeiras, ou somente conviver com a tradição e a simplicidade do sertão baiano.

Trilha da Cachoeira Boa Vista - Verusa Pinho
Trilha da Cachoeira Boa Vista | FOTO: Verusa Pinho |

SERVIÇOS

Guias locais: João Teles – (75) 9184-5736 – e Sandro Gomes – (75) 9252-3552. Mais informações na Secretaria de Turismo de Palmeiras pelo número (75) 3332-2301.

Restaurante e Pousada Mirante da Cachoeira: Esbanjando simpatia, Eduardo é o proprietário do lugar que, além de restaurante e hospedagem, tem um mirante com o espetáculo da Cachoeira Boa Vista.

Restaurante Tô na Trilha do Zezão: Conhecido pela contação de histórias, Zezão oferece serviços de restaurante e hospedagem, ao lado de boas lembranças do garimpo.

Restaurante da Dª Maria: Funciona em um anexo da própria casa, apenas sob encomenda. Seu esposo, Ivo, fabrica deliciosos doces de chocolates com amendoim e coco.

Restaurante Boa Vista: Situado perto da entrada do vilarejo, o local é conhecido por seus grelhados e alimentos naturais.

Hospedagem da Dona Elides: Na sua própria casa, Dona Elides oferece quartos, para uma boa noite de sono, além de um almoço peculiar.

Texto e fotos: Verusa Pinho, do site Guia Chapada Diamantina

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas