Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesMenu PrincipalSaúde

Especialista alerta população sobre cuidados com as crianças no São João

net
Os pais devem atentar para a inalação da fumaça emitida pelas fogueiras, principalmente aqueles cujos filhos possuem alergias e/ou problemas respiratórios | FOTO: Reprodução |

Fogueira, fogos de artifício, comidas típicas, danças e brincadeiras juninas. Tudo isso marca o São João no Nordeste, que acontece na próxima quarta-feira – 24 de junho. A data comemorativa é marcada por muitos momentos de alegria e descontração, mas é preciso que os pais e responsáveis fiquem atentos a alguns cuidados com as crianças.

“O principal cuidado é com o manuseio incorreto de fogos de artifício. Há produtos que não podem ser utilizados por crianças de determinadas faixas etárias, a exemplo das bombas e dos foguetinhos. Esses fogos de artifício, quando usados de forma incorreta, ocasionam queimaduras e até acidentes mais graves. Por isso, é preciso que os pais e responsáveis observem, na hora da compra, o produto mais adequado para a idade da criança e sempre a acompanhe na hora de “soltar os fogos””, alerta Cláudio Oliveira, pediatra do Hospital Estadual da Criança (HEC), em Feira de Santana.

O pediatra adverte ainda que os pais devem atentar para a inalação da fumaça emitida pelas fogueiras, principalmente aqueles cujos filhos possuem alergias e/ou problemas respiratórios. “O ideal é que essas crianças não inalem a fumaça, mas, caso isso ocorra, o nariz deve ser lavado com soro e a criança deve ser medicada com remédios indicados por um médico especializado”, afirma.

Cláudio Oliveira também lembra sobre os cuidados com o consumo de alguns alimentos tradicionais do cardápio junino, como amendoim, bolos e milho. “Faz-se necessário observar os locais que estão vendendo estes alimentos, pois muitas pessoas que comercializam não atentam para medidas básicas de higiene e isso pode ocasionar infecções intestinais e, consequentemente, desidratação. Para aqueles alimentos que são consumidos em casa, é preciso prepará-los com cuidado, respeitando o tempo necessário de cozimento e fazendo uso de produtos adequados. Tudo isso evita a proliferação de bactérias que podem prejudicar o trato intestinal”, ressalta.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios