CidadesCuriosidadesEsportesMenu Principal

Bahia poderá receber a Copa do Brasil de Taekwondo

foto
O evento promovido pela CBTKD tem expectativa de 3 mil pessoas participando entre público, comissões técnicas, atletas e praticantes | FOTO: Reprodução |

A Copa do Brasil de Taekwondo, que vale 15 pontos no ranking nacional para os atletas, foi oferecida nesta terça-feira (15), pelo presidente da Confederação Brasileira de Taekwondo (CBTKD), Carlos Fernandes, ao Governo do Estado da Bahia. Em audiência com o secretário estadual do Trabalho e Esporte, Álvaro Gomes, o dirigente esportivo anunciou que a competição será realizada dias 6, 7 e 8 de novembro próximo, dentro da última programação do calendário esportivo nacional.

O evento promovido pela CBTKD tem expectativa de 3 mil pessoas participando entre público, comissões técnicas, atletas e praticantes. Carlos Fernandes afirmou que a Bahia foi escolhida para sediar o evento “por ser hoje uma referência no país por transformar o esporte em política de Estado”. Aplicando recursos do Ministério do Esporte, a CBTKD já equipou, nos últimos três anos, 16 federações estaduais. A Bahia foi a primeira a ser beneficiada. “Queremos fazer aqui, a Copa do Brasil de Taekwondo, pela insistência de atletas locais que são fundamentais para nossa seleção”, avaliou Carlos Fernandes.

Arte marcial milenar de origem coreana, o taekwondo tem como princípio básico o equilíbrio físico e mental. Significa caminho dos pés e das mãos. Introduzido no Brasil na década de 70, o taekwondo está cada vez mais difundido no mundo, sendo a terceira potência entre os esportes, atrás do futebol e do voleibol. “Hoje, temos uma federação filiada em todos os estados brasileiros e procuramos valorizar as regiões Norte e Nordeste. Esta escolha da nossa administração nos trouxe uma grata surpresa: surgiu Netinho, um medalhista nos Jogos Olímpicos da Juventude, oriundo da Paraíba”, afirmou Fernandes.

Olimpíadas no Brasil
Na Rio 2016, o Brasil terá quatro atletas de taekwondo competindo nas categorias até 58 quilos e acima de 80 quilos no masculino; e até 49 quilos e até 57 quilos, no feminino. “Vamos realizar em novembro uma seletiva aberta, nas categorias escolhidas, e depois mais três seletivas fechadas. Os atletas com melhor colocação serão pré-selecionados para as Olimpíadas. A definição final sairá baseada em critérios técnicos, físicos, psicológicos e disciplinares, observados pela Comissão Técnica em regime de Camping”, justifica Fernandes.

O taekwondo tornou-se esporte olímpico, participando pela primeira vez dos Jogos de Seul (1988) e Barcelona (1992) como exibição. Após ficar fora de Atlanta (1996), foi incluído no programa olímpico, valendo medalhas na edição de Sydney (2000). Agora estará mais uma vez nos Jogos Rio 2016.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios