CidadesCuriosidadesEconomiaMenu Principal

Cafés especiais da Chapada Diamantina voltam a concorrer prêmio nacional em outubro

foto5
Este ano, 10 produtores da região da Chapada Diamantina estão concorrendo ao concurso Cup of Excellence – Pulped Naturals 2015 | FOTO: Reprodução/André Esquivel |

A Bahia é o quarto produtor nacional de café. Em 2014, produziu 2,28 milhões de sacas de café de 60 kg, ficando atrás de Minas Gerais, Espírito Santo e São Paulo. E não é só volume de produção que tem dado destaque à cafeicultura baiana. Nos últimos anos, o estado, em especial a região da Chapada Diamantina, se tornou um dos grandes produtores de cafés de qualidade, o que tem permitido vencer vários concursos de cafés especiais. Em 2014, dos 21 cafés premiados em concursos nacionais, nove foram da Bahia, cinco só do município de Piatã.

foto5
Os lotes classificados para a fase nacional passarão por análise entre os dias 5 e 9 de outubro | FOTO: Reprodução |

Este ano, dez produtores da região da Chapada Diamantina, que estão concorrendo ao concurso Cup of Excellence – Pulped Naturals 2015, promovido pela Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA), foram pré-selecionados. Destes, nove são da cidade de Piatã e apenas um de Mucugê, da Fazenda Progresso Ltda. Os demais são os produtores Aline Galvão Farias, da Fazenda Capãozinho em Piatã; Antônio Macedo Souza do Sítio Santo Antônio; Cláudio Oliveira do Sítio Calendario; Antônio Rigno de Oliveira, da Chácara São Judas Tadeu; Candido Vladimir Ladeira Rosa, da Chácara Ouro Verde (vencedor do mesmo concurso em 2014); Eulino José de Novais de Santa Barbara; Kleumor Silva Moreira do Sítio Canãa; Miguel Viana Xavier, da Fazenda Campo Alegre; e Zora Yonara Macedo Pina Oliveira da Fazenda Tijuco.

foto5
O Cup of Excellence de 2014 premiou café da Chapada Diamantina | FOTO: Reprodução/BSCA |

Os lotes classificados para a fase nacional passarão por análise entre os dias 5 e 9 de outubro, na sede da BSCA, em Varginha, no Sul de Minas. Os selecionados irão ao crivo do júri internacional, no Palace Hotel, em Poços de Caldas (MG), de 13 a 17 de outubro, data do anúncio e da cerimônia de premiação dos melhores cafés arábica produzidos por via úmida (despolpados ou cerejas descascados) no Brasil, colhidos na safra em 2015.

Os grãos vencedores serão vendidos por meio de leilão internacional pela internet. Segundo os organizadores, os preços alcançados nesses pregões chegam a superar em mais de 2.000% os valores de referência na Bolsa de Nova York (ICE Futures US), principal plataforma mundial de comercialização do produto. O evento é realizado pela BSCA em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), a Alliance for Coffee Excellence (ACE) e o Sebrae. Com informações da Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA).

Jornal da Chapada

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios