Chapada: Cotada para prefeita de Andaraí, Fátima pede a cassação de Cunha e deixa Wagner ‘atônito’

Postado em nov 30 2015 - 9:16pm por Jornal da Chapada
foto

Fátima Mendonça teria chamado o presidente da Câmara Federal de ‘corrupto’ | FOTO: Reprodução |

A ex-primeira Dama da Bahia, Fátima Mendonça, voltou aos noticiários baianos. Dessa vez ela acompanhou seu marido, o ministro da Casa Civil, Jaques Wagner, em agenda no município de Andaraí, na Chapada Diamantina, e disparou contra o presidente da Câmara Federal, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Cotada como possível pré-candidata para substituir o atual gestor, Wilson Cardoso (PSB), no pleito de 2016, Mendonça aproveitou a presença do presidente do Conselho de Ética da Câmara dos Deputados, José Carlos Araújo (PSD), para pedir a cassação de Cunha. “Araújo, me faça um favor: casse aquele corrupto do Eduardo Cunha”, teria dito a ex-primeira Dama, conforme publicação da coluna Tempo Presente, do jornal A Tarde.

Leia também:
Chapada: Wagner transfere título para Andaraí e esposa pode concorrer à prefeitura em 2016
Chapada: Esposa de Jaques Wagner deve ser convidada por prefeito de Andaraí para ser candidata

foto5

O casal comprou um terreno em Andaraí, na área do pantanal Marimbus, e construiu uma mansão | FOTO: Reprodução |

Ainda conforme o veículo, os aplausos foram instantâneos e Wagner teria ficado um pouco atônito, já que a declaração vai de encontro ao que se diz nos bastidores na capital federal, de que há um movimento para blindar Cunha. A Folha de S. Paulo também publicou informações sobre a fala de Fátima. De acordo com a publicação, Wagner ficou mesmo foi constrangido e não quis fazer comentários sobre a fala da esposa. Já o site Bahia Notícias, foi procurar a assessoria de imprensa do ministro, e, segundo publicou, Wagner “não ouviu” sua esposa fazendo comentários sobre Cunha. Procurado pelo site, o presidente do Conselho de Ética confirmou que esteve no evento, “mas afirmou que não ‘confirmaria nem desmentiria’ os relatos sobre a fala de Fátima”.

Na agenda da última sexta-feira (27) em Andaraí, Wagner esteve com diversos outros políticos na tradicional Festa dos Vaqueiros do distrito de Ubiraitá. Atualmente, o ministro é o chefe da articulação política do governo da presidente Dilma Rousseff (PT) e a imprensa baiana repercutiu o encontro dele com o parlamentar Carlos Araújo, responsável pela condução dos trabalhos no colegiado que analisa o processo contra Eduardo Cunha por quebra de decoro parlamentar.

Jornal da Chapada

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

1 Comentário Sinta-se livre para participar desta conversa.

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.