Não há motivos para cancelar viagem à Chapada Diamantina, informa associação

Postado em dez 3 2015 - 9:18pm por Jornal da Chapada
foto

Maioria das trilhas no Vale do Capão está preservadas apesar dos incêndios | FOTO: Reprodução/Site Bahia WS |

Além dos estragos à biodiversidade, os incêndios florestais também afastaram os turistas da Chapada Diamantina. A Associação Comercial do Turismo Auto Sustentável do Distrito de Caeté-Açu (ACOMTUV), entidade que representa os interesses dos pequenos e médios empresários do Vale do Capão, no município de Palmeiras e região circunvizinha, fez um balanço sobre a situação econômica pós-período crítico de incêndio.

Em contato com o Jornal da Chapada, a diretoria da entidade informa que “amarga uma sucessão de prejuízos em todos os segmentos empresariais do Vale do Capão, principalmente na área de hotelaria, aonde vem ocorrendo um índice significativo de cancelamentos nas reservas para o período das festas e férias de final de ano”.

Leia também
Mesmo com incêndios, visitação ao Parque Nacional da Chapada Diamantina não está interrompida
Vale do Capão tem trilhas para cachoeiras e histórias da Chapada Diamantina

A ACOMTUV esclarece que a destruição causada pelo fogo não atingiu áreas do Vale do Capão, onde estão os pontos turísticos preferidos pelos visitantes, “a grande maioria das trilhas continuam preservadas e intactas para a prática do ecoturismo”.

A Associação dos Condutores de Visitantes do Vale do Capão (ACV-VC) confirma que no distrito do Capão não há nenhum atrativo que deve ser evitado. “O dano maior foi na parte mais importante do parque, na área intangível, berço das principais nascentes da região”, aponta a direção da associação.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Pontos turísticos
O Vale do Capão resguarda paisagens e belezas naturais encantadoras. As trilhas são basicamente compostas por cachoeiras, dentre outras preciosidades naturais. É onde fica a trilha mais batida para a Cachoeira da Fumaça, a mais alta do Brasil, uma área tomada por Mata Atlântica, montanhas de até 1,5 mil metros, além de fauna e flora diversificadas.

Não é por falta de atrativos que o Vale se destaca. Um paraíso ecológico, no coração da Chapada. O visitante tem a opção de trilhas mais longas, como a que segue do Capão para a cidade de Lençóis, ou as mais curtas, como as que ligam pontos turísticos e algumas comunidades, Riachinho, Rodas, Angélica, Batista entre outros.

Jornal da Chapada

Leia também:
Fogo na Chapada: Vale do Capão registra novo foco de incêndio na região do Sobradinho
Fogo na Chapada: Novo incêndio é relatado por brigadista em Andaraí: “Não fomos alertados”

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

9 Comentários Sinta-se livre para participar desta conversa.

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.