Fogo em Rio de Contas segue em direção a Abaíra; Brigadista fala sobre mudança no combate

Postado em dez 26 2015 - 9:54am por Jornal da Chapada
foto5

O presidente da brigada Combatentes de Incêndios Florestais de Andaraí volta a criticar o trabalho desenvolvido no combate ao fogo | FOTO: Ilustração/ICMBio |

Com o controle dos maiores focos de incêndio na Chapada Diamantina os brigadistas, que trabalharam incansavelmente no combate ao fogo durante cerca de três meses, não concordam com as ações institucionais no caso. Mesmo com a diminuição significativa dos focos, o Jornal da Chapada teve a informação de que na noite desta sexta-feira (25) um incêndio iniciou na comunidade do Mato Grosso em Rio de Contas, e está se dirigindo para Abaíra.

Para Homero Viera, presidente da brigada Combatentes de Incêndios Florestais de Andaraí (Cifa), “ainda não há o que comemorar, pois o El Nino continua a nos castigar com sol forte e as promessas de um trabalho preventivo soam como um conto de fadas.” Para o brigadista, é preciso que o estado e a união reconheçam que tem limitações e estão despreparados para conseguir evitar catástrofes dessas proporções futuramente.

foo5

A ACV-VC passa a administrar o parque do Riachinho após convênio com a prefeitura | FOTO: Cris Mendez |

Leia também:
Segundo ICMBio, chamas já consumiram 23 mil hectares do Parque Nacional da Chapada Diamantina

Utilização de verbas nos combates aos incêndios na Chapada Diamantina é vistoriada por defensorias públicas

Fogo na Chapada: Kits para combater incêndios são ineficientes e de baixa qualidade, apontam voluntários

Fogo na Chapada: Chamas ainda atingem localidades de Jacobina, Miguel Calmon e Caém

Fogo na Chapada: Festival usa bilheteria para equipar brigadas e aponta animais que correm risco de extinção

Fogo na Chapada: Gruta do Lapão é reaberta para turistas; Analista aponta avanço com focos controlados

Os voluntários que trabalharam na contensão dos focos de incêndio acreditam que atitudes como a criação de um batalhão do Corpo de Bombeiros especializado no combate a incêndios florestais e o gerenciamento dos incêndios por parte da Defesa Civil, são necessárias. Segundo Vieira também é importante que as brigadas voluntárias recebam maior atenção em relação à infraestrutura e mobilidade. A falta de preparo torna “fundamental o estado e a união juntamente com a sociedade civil estudar e elaborar uma Diretiva de Prevenção e Combate aos incêndios Florestais”, completa Homero.

Vale do Capão
Todos os associados da Associação de Condutores de Visitantes do Vale do Capão (ACV-VC) foram convidados para a assembleia geral, na sede da instituição às 14h deste sábado (26). Entre os assuntos a serem debatidos estão a contratação de pessoal para monitoramento do Riachinho, uma vez que a ACV-VC administra o parque após convênio com a prefeitura municipal de Palmeiras, e eleição de nova diretoria.

Jornal da Chapada

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

5 Comentários Sinta-se livre para participar desta conversa.

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.