Bahia: Número de Microempreendedores em Juazeiro cresceu quase 300% em cinco anos

Postado em fev 19 2016 - 2:59pm por Jornal da Chapada
foto6

A meta do projeto é crescer, inovar e ser referência na região | FOTO: Divulgação |

Muito se fala em crise pelo país, mas muitas pessoas já sabem que ser o próprio patrão é uma saída que tem dado certo para enfrentar essa situação. Em Juazeiro, cidade localizada na região Norte do estado, já passa de cinco mil o número de microempreendedores individuais (MEI) formalizados.

Segundo dados do Sebrae, nos últimos cinco anos houve crescimento de mais de 270% no município nesse número. Entre os setores que mais buscam formalização estão os de comércio de vestuário, acessórios e cosméticos, alimentação, beleza e estética, obras de alvenaria, serviços delivery e de táxi.

Há seis meses, o promotor de merchandising e técnico em informática, Jhon Cruz, abriu a F5 Designer, empresa de design gráfico especializada na criação de projetos personalizados, como copos long drink, taças, camisas, sandálias, canecas em acrílico e porcelana. Além de realizar o sonho de ter o próprio negócio, hoje o microempreendedor também comemora os benefícios da formalização.

“Busquei orientação no Sebrae e como MEI passei a contar com uma série de vantagens, como os benefícios da Previdência Social e acesso a qualificação empresarial, que vai me ajudar a ter mais competitividade no mercado. A meta é crescer, inovar e ser referência na região”, destaca.

Além da cidadania empresarial, ao se formalizar, o microempreendedor também passa a ter outros benefícios como, por exemplo, um CNPJ, acesso a serviços financeiros e de crédito, emissão de nota fiscal, contratação de pelo menos um funcionário, direitos previdenciários e recolhimento diferenciado em relação aos valores destinados ao INSS, ISS e ICMS em processo simplificado. Com informações da Agência Sebrae.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.