PSL quer uma secretaria em reforma feita pelo governador Rui Costa

Postado em nov 16 2016 - 10:44am por Jornal da Chapada
nilo

Presidente da Assembleia, Nilo almeja emplacar o sexto mandato na eleição que acontece no início do próximo ano | FOTO: Reprodução |

Logo após anunciar que faria uma reforma administrativa em seu governo entre o final de 2016 e o início de 2017, o governador Rui Costa (PT) já estaria sendo pressionado por partidos aliados em busca de mais espaço.Nesta semana, veio a público que o PSL, do deputado estadual Marcelo Nilo, teria procurado o chefe do Executivo e o secretário de Relações Institucionais, Josias Gomes, para negociar uma secretaria ou algum cargo de envergadura. Em conversa com a Tribuna, Nilo confirmou a solicitação, mas negou que tenha exigido uma pasta específica (informações davam conta de que o liberal havia pleiteado a Secretaria de Saúde).

Presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), Nilo almeja emplacar o sexto mandato na eleição que acontece no início do próximo ano, e por isso a pressão pelo espaço no governo deverá ser comedida. Para continuar no cargo, o parlamentar precisará do apoio do PT, que por sua vez estaria inclinado a colaborar.O remanejamento na máquina vinha sendo sinalizado desde o mês de outubro e foi confirmado por Rui no início de novembro, mas sem detalhes sobre o que estaria sendo planejado. Comenta-se a hipótese de se criar secretarias para incorporar antigos companheiros e ampliar a atuação de legendas aliadas visando a manutenção da força política do governador.

Vale lembrar, inclusive, que parlamentares de partidos como PP e PSB já falaram abertamente sobre descontentamentos com a articulação política do petista. Nessa perspectiva, também circulou que Josias Gomes correria o risco de perder o cargo para algum cacique do PSD, o que foi negado por Rui. “Soubemos que o governador está fazendo uma reforma, não estabeleceu critério nem disse o que iria ser. Qualquer partido pode ter mais espaço, mas não ficou nada definido. Ele não detalhou qualquer coisa”, declarou o deputado estadual Reinaldo Braga (PSL).

“Rui está conversando com os partidos, agora vai começar a receber os prefeitos. É a dinâmica normal da política, não tem nenhuma novidade”, garantiu.Outra sigla que também estaria de olho no redesenho feito pelo governador é o PR, que em julho emplacou José Alves na Secretaria de Turismo (Setur), em desfavor do deputado federal Nelson Pellegrino (PT). Conforme publicamos, há sinais de turbulência entre os republicanos, já que uma parcela da cúpula não estaria satisfeita com o desempenho do secretário. Da Tribuna da Bahia.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.