#Bahia: Líderes indígenas buscam melhorias para suas etnias junto ao Governo Estadual

Postado em dez 8 2016 - 12:27pm por Jornal da Chapada
foto56

Habitação, saúde, educação e desenvolvimento rural, estiveram entre os principais assuntos estratégicos apresentados | FOTO: Ana Paula Porto |

Caciques de diversas etnias e territórios do estado participaram de uma agenda política com o secretário de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social, Geraldo Reis, com o secretário de Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues, e o chefe de Gabinete da Casa Civil, Carlos Melo, na última quarta-feira (7), em Salvador. Desde a segunda-feira (5) eles estão na capital baiana para a realização da III Assembléia Estadual do Movimento Unido dos Povos Indígenas da Bahia (MUPOIBA).

Uma comissão formada pelos caciques Aguinaldo Pataxó Hã Hã Hãe, Raimundo Tuxá, Francisco Atikum e Mãdy Pataxó, e pelo coordenador do MUPOIBA Kâhun Pataxó, apresentou ao Governo assuntos estratégicos para as comunidades e povos indígenas. Na pauta, a questão da demarcação de terras, a construção de unidades habitacionais nas aldeias, reforma e construção de escolas, lançamento de editais de fomento, capacitação, Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER), agroindústria, programa de proteção aos defensores de direitos humanos, entre outros.

Durante a manhã, a reunião ocorreu na Secretaria de Relações Institucionais (Serin) e foi coordenada pelo secretário Geraldo Reis, com a participação do chefe de Gabinete da Casa Civil, Carlos Melo, da coordenadora de Articulação Social da Secretaria de Relações Institucionais, Mary Cláudia Souza, do Assessor Especial da Secretaria de Igualdade Racial, Ailton Ferreira, entre outras representações de governo.

Entre os encaminhamentos acordados, ficou estabelecida a liberação de recursos na ordem de aproximadamente R$ 300 mil reais para a conclusão de projetos habitacionais para a comunidade indígena Kiriri, no município de Banzaê, totalizando 195 casas. Para o coordenador do MUPOIBA, Kâhun Pataxó, foram tirados encaminhamentos importantes da reunião.

“Além da liberação dos recursos para os projetos habitacionais, tivemos a sinalização para o pagamento dos profissionais de educação das escolas indígenas; credenciamento do transporte escolar que priorize as empresas da região, e que conheçam e respeitem a cultura indígena; publicação do edital de criação do Conselho Estadual dos Povos Indígenas, um órgão estratégico de diálogo para que consigamos avançar nas nossas pautas”, afirmou Kâhun.

Ainda como resultado da reunião, foi articulada uma agenda com o secretário de Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues, e com representantes da educação, que ocorreu na tarde de hoje, no auditório da Secretaria de Planejamento do Estado (Seplan). Durante o encontro, a SDR celebrou dois importantes convênios com as lideranças indígenas.

O primeiro para implantação de dois viveiros em diversas comunidades de Porto Seguro e Santa Cruz Cabrália, com o valor total de 82 mil e o segundo, no valor de R$160 mil, para desenvolvimento socioeconômico, cultural e ambiental, das famílias indígenas de etnia pataxó, em Itamaraju, Porto Seguro e Santa Cruz Cabrália. Com informações da SJDHDS.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.