Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesEducaçãoMenu PrincipalPolítica

Abaixo-assinado pede permanência de alunos de distrito em anexo de Colégio Estadual em Rafael Jambeiro

foto
Os pais dos alunos reclamaram das ações da atuação do NTE 14 e alegam que a ideia do fechamento do anexo foi da atual diretora | FOTO: Arquivo/Divulgação |

Um abaixo-assinado feito por pais de alunos do anexo do São Roque do Colégio Estadual Ana Lucia Magalhães, em Rafael Jambeiro, no centro-norte da Bahia, pede a permanência dos estudantes do Ensino Médio no mesmo local. Isso por que eles foram redirecionados para o colégio, que fica na sede do município, a 12 quilômetros da localidade. A comunidade alega que o anexo “é o bem mais precioso da população local, por ser o meio que os alunos têm para dar continuidade a seus estudos e a garantia de um futuro com mais esperança”, disse texto enviado por responsáveis ao Jornal da Chapada.

Eles alegam que o poder público deseja fechar o anexo, o que dificultaria a vida de mais de 100 alunos, entre eles dois do primeiro ano, um do segundo e um do terceiro. Os pais alegam que a ideia do fechamento teria sido da diretora do Núcleo Territorial de Educação 14 (NTE 14), Eliana de Oliveira de Almeida, sendo acatada pelo prefeito de Rafael Jambeiro Marinalvo Fernandes Serra (DEM) e pelo secretário de Educação, Rogério Silva de Almeida. O prefeito não foi encontrado pela equipe de reportagem para comentar o fato, mas Rogério negou o fechamento ao Jornal da Chapada.

“Não há fechamento do anexo. Ensino Médio é uma responsabilidade do governo estadual, que não vem inserindo professores nesses anexos, por exemplo”, disse Almeida. “Estamos entregando os alunos a quem é de direito [o Estado]”, afirmou. De acordo com o secretário, a necessidade de aperfeiçoar o processo administrativo por conta da falta de recursos por qual os municípios brasileiros passam não permite mais investimentos municipais em algo que deve ser gerido pelo Estado. Para ele a Educação Básica, o que estava acontecendo, não pode ter seus recursos utilizados em prol do Ensino Médio.

Os pais dos alunos reclamaram muito das ações da diretora do NTE 14, Eliana Almeida. Segundo eles, além desse caso do anexo, ela teria sugerido o fechamento do Colégio Estadual João XXIII, em Itaberaba, na Chapada Diamantina, em um dos seus primeiros atos. E em Rafael Jambeiro, eles pedem mais compromisso com a Educação e que as soluções com os prefeitos sejam de dar uma melhor estrutura aos anexos e não tirá-los de funcionamento. O Jornal da Chapada ligou para o NTE 14 e não foi atendido até o fechamento desta matéria.

Jornal da Chapada

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios