CidadesCuriosidadesEsportesMenu Principal

Chapada: Projeto de financiamento coletivo leva escaladores de Igatu para praticar o esporte fora da Bahia

foto
O projeto busca a inclusão social, construção de cidadania, educação integrativa e emancipatória entre tantos outros benefícios | FOTO: Reprodução/Dmitri de Igatu |

O projeto ‘Sai da Toca’ levará escaladores nativos de Igatu, na Chapada Diamantina, para conhecerem os principais picos de escalada do país, seguindo a rota dos festivais que se iniciam em julho de cada ano, através de financiamento coletivo no site Catarse https://www.catarse.me/saidatoca.

A ideia do grupo de escaladores é abrir possibilidade para os nativos da pequena comunidade da Chapada e proporcionar aos escaladores locais a oportunidade de conhecerem novos locais onde a prática da escalada é realizada. A cidade, que atualmente se mantém pelo turismo, demanda de práticas esportivas para sua população. Principalmente para as suas crianças e a escalada se mostrou uma atividade acessível aos moradores.

O projeto busca a inclusão social, construção de cidadania, educação integrativa e emancipatória entre tantos outros benefícios. Os colaboradores poderão apoiar o projeto com valores a partir de R$50 e receberão recompensas como diárias em um hotel da cidade, inscrição e camisa do festival de escalada Igatu Boulder 2018, e desconto de 50% em trekking de quatro dias no Vale do Pati.

O ‘Sai da Toca’ preparou uma rota com os principais festivais, que consolidam e constroem a história da escalada no Brasil. As viagens terão uma duração total de 30 dias. Estão incluídas as cidades de Ubatuba, em São Paulo (de 1º a 4 de julho), Ouro Preto (de 5 a 13 de julho) e Sabará, em Minas Gerais, (de 14 a 16 de julho), finalizando em Cocalzinho de Goiás (de 17 a 30 de julho).

Jornal da Chapada

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios