#Brasil: Governador eleito do Amazonas diz que prioridade será reintegrar desempregados

Postado em ago 28 2017 - 2:59pm por Jornal da Chapada
foto

Amazonino Mendes foi eleito nesse domingo (27), em segundo turno | FOTO: Reprodução |

O governador eleito do Amazonas, Amazonino Mendes (PDT), afirmou, em discurso no comitê de campanha, logo após a confirmação do resultado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), que vai trabalhar para ajudar os desempregados do estado. “A nossa eleição tem muito a ver com os pais desempregados, com todos os 300 mil amazonenses que perderam o emprego. A minha luta será primordialmente, dia e noite, a busca pela reintegração do emprego dessas pessoas. Tenho certeza absoluta de que a maioria dos votos nulos e brancos veio dessas pessoas.

Amazonino Mendes foi eleito nesse domingo (27), em segundo turno. Ele obteve 59,21% dos votos contra 40,79% do adversário, Eduardo Braga (PMDB). Amazonino agradeceu aos eleitores que o elegeram governador pela quarta vez e informou que vai se reunir nesta segunda-feira (28), em Brasília, com o presidente Michel Temer. Ele ressaltou que um dos seus primeiros atos será criar uma comissão de transição de governo. “Eu vou nomear uma comissão para fazer um levantamento de dados e informações para que a gente possa iniciar o trabalho já com uma base, algum conhecimento para governar”, disse Mendes.

A taxa de abstenção no segundo turno ficou em 25,82%, ou seja, quase 604 mil eleitores deixaram de votar. O resultado é superior ao registrado no primeiro turno, quando mais de meio milhão de pessoas não compareceram às urnas. Os votos brancos correspondem a 4,06% e os nulos, a 19,73%. Cerca de 2,3 milhões de cidadãos amazonenses estavam aptos a votar nessa eleição. O TRE informou que o governador eleito será diplomado no dia 2 de outubro.

Perfil
Amazonino Mendes nasceu no Amazonas, tem 77 anos, é formado em direito e é viúvo. Entre 1970 e 1980 trabalhou no Departamento de Estradas de Rodagem do estado. Em 1983 foi eleito prefeito de Manaus. Também esteve à frente da capital de 1993 a 1994 e de 2009 a 2012. Já foi três vezes governador do Amazonas: de 1987 a 1990, entre 1995 e 1998 e de 1999 a 2002. Em 2004 tentou voltar à prefeitura de Manaus, mas foi derrotado por Serafim Correa. Em 2006, perdeu a eleição a governador para Eduardo Braga. Amazonino foi ainda senador entre 1991 e em 1992. Ele tem como vice o deputado estadual Bosco Saraiva, do PSDB. Da Agência Brasil.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.