Chapada: Número de atendidos no Clériston Andrade por conta de acidente com ônibus sobe para 28

Postado em out 13 2017 - 11:33am por Adalício Neto

Acidente com ônibus de turismo que saiu de Itaberaba deixou 28 pessoas feridas e cinco mortas | FOTO: Reprodução/Mídias sociais |

Na última quinta-feira (12) à noite mais uma pessoa deu entrada no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), em Feira de Santana, em decorrência de ferimentos no acidente envolvendo um ônibus de turismo que saiu de Itaberaba, cidade da Chapada Diamantina, para um parque aquático em Jacobina, na Chapada Norte, aumentando o número de atendidos no HGCA para 28. No veículo, pertencente à Empresa de Transporte Macaubense (Emtram), estavam mais de 40 integrantes de famílias que saíram para comemorar o Dia das Crianças, aproveitando o feriado nacional da padroeira do Brasil, Nossa Senhora de Aparecida.

“Dos 28 atendidos no HGCA nove foram crianças, sendo duas transferidas para Salvador e as outras sete para o Hospital Estadual da Criança (HEC). Nove adultos tiveram alta, um foi transferido para o Hospital Emec, e apenas nove pessoas permanecem internadas”, informou a assessoria do HGCA ao Jornal da Chapada. Entre os mortos foram identificadas uma criança de dois anos, uma adolescente de 16 anos, e três adultas. Todas as vítimas fatais foram do sexo feminino. Todos os corpos já passaram por necrópsia.

Leia mais
Chapada: Prefeitura de Piritiba confirma cinco mortos no acidente com ônibus da Emtram; confira lista
Chapada: Prefeito e governador cancelam agenda em Itaberaba após acidente; esforço agora é atender as vítimas

Doação de Sangue
Com as notícias do acidente tem sido grande a procura de doadores de sangue nas unidades do Hemoba, tanto em Feira de Santana quanto em Itaberaba. “Estamos atendendo até 17h desta sexta-feira (13), mas não se trata de uma coleta específica para os acidentados. É um dia de coleta normal, mas como as pessoas estão sensibilizadas, estão vindo para cá e isso pode ajudar a melhorar nossos estoques”, disse a coordenadora da Unidade do Hemoba em Itaberaba, Rita Duarte. Segundo ela, a unidade em Feira já avisou que tem estoque suficiente para o atendimento. “Não há necessidade de correria”, disse Duarte.

“Essas bolsas que coletamos não vão diretamente para os feridos hoje [sexta-feira] porque ainda irão passar por testes de análise para saber se estão aptas para uso. Irão ser utilizadas, na verdade, para reposição da unidade”, afirmou Rita. A coordenadora do Hemoba em Itaberaba frisou que “é sempre bom estar repondo esse estoque de sangue, e se alguém tiver o RH negativo é melhor ainda. Porque é uma dificuldade que temos sempre. Quem tiver tipo negativo é o ideal, mas aceitamos todos sem diferenças”, concluiu.

Por Adalício Neto / Jornal da Chapada

Sobre o Autor

5 Comentários Sinta-se livre para participar desta conversa.

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.