Ibicoara: Moradores de localidade realizam obra em estrada e apontam descaso da administração

Postado em fev 21 2018 - 12:47pm por Jornal da Chapada
capa

Segundo o secretário de Transportes do município, “95% das estradas do município foram reformadas. Faltam apenas essa do Baixão e outra do Brejão” | FOTO: Divulgação |

Moradores da comunidade do Baixão, localizada no município de Ibicoara, dentro do Parque Nacional da Chapada Diamantina, entraram em contato com o Jornal da Chapada (JC) para denunciar a situação em que se encontra a via de acesso a locais como as cachoeiras Véu de Noiva e Fumacinha, em sua trilha por baixo. “Após um ano de abandono nos juntamos para consertar a estrada que está intransitável”, disse um morador que pediu sigilo. Segundo ele, essa é a única via de acesso para os moradores locais, que utilizam a estrada para escoar a produção, compras de mantimentos no centro da cidade e transporte de pacientes que necessitam de cuidados na saúde.

“A atitude dos moradores mostra mais uma vez que a população vem se organizando cada vez mais para combater o descaso dos agentes públicos”, disse outro morador da região. As informações dão conta que o prefeito Haroldo Aguiar (PTB) está com a ‘fama’ de consertar apenas estradas em que têm eventos de cavalgada, que dizem ser um esporte que gosta, ou estradas de acesso de seus correligionários políticos, como secretários e vereadores.

Outro lado
Segundo o secretário de Transportes do município, Ernandes Silva Luz, a extensão de Ibicoara é grande e, mesmo assim, “95% das estradas do município foram reformadas. Faltam apenas essa do Baixão e outra do Brejão”, disse em entrevista ao JC. Ele afirmou também que o estrago na via não impede a passagem de veículos por lá. “A pior estrada do município estamos concluindo o cascalhamento”, disse.

Silva disse já ter conversado com os moradores do Baixão e ter pedido paciência. “Assim que acabarmos os serviços em Brejos do Aguiar iremos para essa localidade”, afirmou o secretário. Ele disse que a previsão é, se não chover, de em 15 dias começarem a recuperação da estrada, pois o município só teria uma máquina Patrol e uma caçamba para estes serviços. “O prefeito alugou duas caçambas e está reformando máquinas velhas”, acrescentou.

Apesar disso, os moradores chamaram a atenção que a atual administração realizou cinco dias de festejos de carnaval na sede do município, “sempre gastando os recursos do municípios com diversas festas e, em consequência, esses gastos vem deixando os serviços essenciais paralisados”.

Por Adalício Neto / Jornal da Chapada

Confira vídeos da ação dos moradores

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.