Chapada: Tentativa de assalto a banco com sequestro da família do gerente chega ao fim em Barra da Estiva

Postado em abr 9 2018 - 12:01pm por Jornal da Chapada
foto5

Os bandidos conseguiram fugir após a tentativa frustrada de assalto com sequestro | FOTO: Divulgação/Informe Barra |

A manhã desta segunda-feira (9) foi movimentada em Barra da Estiva, cidade da Chapada Diamantina. É que o Banco do Brasil do município teria sofrido uma tentativa assalto, após o sequestro da família do gerente. A atuação rápida da Polícia Civil e da Militar frustrou os bandidos e todos os reféns foram soltos. O Jornal da Chapada entrou em contato com o delegado titular em Barra da Estiva, Marco Torres, que confirmou que houve a situação.

Segundo Torres, “os bandidos ficaram sabendo que a polícia tinha informações sobre o sequestro e parece que desistiram, a família foi toda liberada”. O delegado acrescenta que ainda ninguém foi preso. As notícias afirmaram que durante o ocorrido, a agência, localizada na praça Melquíades Caires, no centro da cidade, foi cercada pela polícia e o clima era de tensão.

Guarnições do Pelotão de Emprego Tático Operacional (Peto) de Brumado e da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) foram acionados e se deslocaram para localizar as vítimas. Os assaltantes perceberam que a ação tinha sido frustrada e soltaram mãe e filhas na cidade de Mucugê, também na Chapada Diamantina. Ainda de acordo com informações, as vítimas não tiveram ferimentos e os criminosos fugiram.

A Polícia Civil detalhou que as vítimas ficaram sob a mira dos criminosos por cerca de 12 horas. As informações publicadas pelo G1 apontam que por volta das 22h de domingo (8) três homens armados invadiram a casa do gerente do Banco do Brasil. Já às 4h, dois dos criminosos retiraram da casa as filhas e esposa do gerente e o orientou ir trabalhar normalmente para que pudesse abrir o cofre da agência e retirar todo o dinheiro que estava no banco.

Ainda segundo a polícia, somente depois que o gerente estivesse com o dinheiro em mãos é que ele receberia dos criminosos as instruções para a entrega da quantia e liberação da família feita refém. Jornal da Chapada com informações do Informe Barra e do G1. Texto atualizado às 21h para acréscimo de dados e para informar que o sequestro foi com a família do gerente, diferente do publicado inicialmente.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.