#Bahia: Projeto de deputado estadual quer acabar com os canudos de plástico

Postado em jun 20 2018 - 10:55am por Jornal da Chapada

Alex da Piatã ingressou com um projeto de lei que dispõe da obrigatoriedade dos bares, lanchonetes, barracas de praia, ambulantes e similares a fornecerem, somente, canudos biodegradáveis e/ou recicláveis | FOTO: Divulgação |

Extremamente nocivos ao meio ambiente, os canudos de plástico poderão ser proibidos na Bahia. A ideia é do deputado e presidente da Comissão da Saúde da Assembleia Legislativa, Alex da Piatã (PSD). O político ingressou com um projeto de lei na Casa que dispõe da obrigatoriedade dos bares, lanchonetes, barracas de praia, ambulantes e similares a fornecerem, somente, canudos biodegradáveis e/ou recicláveis.

Na justificativa, Alex alega que se um indivíduo usar canudos plásticos por 10 anos, será jogado uma média de 3.650 objetos no lixo. “Esses canudos são nocivos para o nosso ambiente, pois eles não são absorvidos pela natureza. Geram sérios problemas e se forem incinerados serão poluentes também. Esse produto não só degrada o meio ambiente, bem como prejudica sobremaneira, a saúde humana”, disse.

O canudinho, por exemplo, representa 4% do lixo de todo o mundo e pode levar até mil anos para se decompor. De acordo com o jornal Nexo, o problema ambiental surgiu quando os canudos passaram a ser feitos de plástico na década de 1950. Pela legislação apresentada por Alex, quem descumprir a medida será multado em R$ 3 mil e, em caso de reincidência, R$ 6 mil. As informações são de assessoria.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.