Deputado do PT critica gestão da saúde de ACM Neto; “Atenção básica de Salvador é uma vergonha”

Postado em fev 13 2019 - 6:11pm por Jornal da Chapada

O deputado Jacó também usou da palavra para comentar a votação histórica no STF que pode tornar crime a homofobia e a transfobia | FOTO: Divulgação/Adson Brito |

Conhecedor da realidade do povo sertanejo, o deputado estadual Jacó (PT) disse nesta quarta-feira (13) que a gestão do governador Rui Costa na saúde pode ser considerada “uma revolução”, com a ampliação do número de policlínicas e os avanços na área de atenção básica. Em Irecê, com 70 mil habitantes, exemplificou, mais de 21 postos foram implementados. Por isso foi com surpresa que esteve no Bairro da Paz, com uma população de igual tamanho, e lá só encontrou um posto de saúde. “A atenção básica de Salvador é uma vergonha! O povo daqui vai pra hospital cuidar de unha encravada”.

A fala de Jacó ocorreu durante um aparte ao deputado Eduardo Alencar (PSD), que estreou na tribuna e dedicou um bom tempo do seu discurso a defender o governador, alvo de críticas por parte do líder da minoria, o deputado e também médico Targino Machado (DEM). “Não adianta vir aqui criticar o governador, porque o projeto dele e do PT é um projeto de inclusão”, disse Jacó.

Ainda sobre o tema saúde, o vice-líder da bancada petista na Alba falou sobre a proposta levada ao governo estadual para que dê ao Centro de Referência e Anemia Falciforme o nome da ex-prefeita de São Francisco do Conde, Rilza Valentin, em reconhecimento à trajetória e aos relevantes serviços prestados pela gestora ao povo da Bahia; e também pelo fato de ter sido, ela, vítima da doença.

O deputado Jacó também usou da palavra, na sessão ordinária desta quarta, para comentar a votação histórica no STF que pode tornar crime a homofobia e a transfobia. Num país como o Brasil, onde mais se mata homossexuais no mundo, lembrou Jacó, “ridicularizar, não contratar e agredir verbalmente essa população é crime”. Ele aproveitou para parabenizar o ex-governador Jacques Wagner, pioneiro na promoção e implementação da Coordenação de Políticas Públicas Para a População LGBT, lotada na Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHS). As informações são de assessoria.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.