#Bahia: Rui Costa diz que Bolsonaro cometeu “violência absurda” ao falar de trabalho infantil

Postado em jul 10 2019 - 12:02pm por Jornal da Chapada

Para o petista, a fala de Bolsonaro demonstra falta de compromisso com o futuro do país | FOTO: Montagem do JC/Divulgação |

As recentes declarações do presidente Jair Bolsonaro (PSL) defendendo o trabalho infantil, geraram polêmica e revolta. Entre os indignados está o governador da Bahia, Rui Costa (PT). Para o petista, a fala de Bolsonaro é de uma “violência absurda” e demonstra falta de compromisso com o futuro do país. Ele ainda apontou que o apoio do presidente a isso pode ter reflexos negativos até para a economia brasileira.

“Isso é um retrocesso, é afugentar investimento internacional. Várias empresas têm no seu compliance que a empresa não investe onde tem trabalho escravo, trabalho infantil, onde tem violência contra mulheres. Ao institucionalizar isso, estamos dizendo a vários investidores que não invistam no Brasil. Uma irracionalidade uma violência absurda, uma falta de compromisso com o futuro do nosso país”, criticou, durante o programa “Papo Correria”, transmitido ao vivo nas redes sociais.

Em transmissão ao vivo no último dia 4 de maio, Bolsonaro disse que “não foi prejudicado em nada” por ter colhido milho aos “nove, dez anos de idade” em uma fazenda de São Paulo. Aos seus seguidores nas redes, ele declarou ainda que “o trabalho dignifica o homem e a mulher, não interessa a idade”, mas alertou que não apresentaria nenhum projeto de lei para descriminalizar a prática por saber que “seria massacrado”. Jornal da Chapada com informações do site BNews.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.