CidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal

#Bahia: Novo aeroporto de Vitória da Conquista marca nova fase no turismo de negócios

Em agosto de 2016, o Governo do Estado recebeu da Secretaria de Aviação Civil a autorização para licitar as obras do terminal de passageiros do novo aeroporto de Vitória de Conquista | FOTO: Manu Dias/GOVBA |

O sudoeste da Bahia vai alçar novos voos e atingir um grau de desenvolvimento visto somente em regiões próximas a Salvador, com a inauguração do Aeroporto Glauber Rocha, em Vitória da Conquista, na próxima terça-feira (23). A homologação da proposta vencedora para a construção do novo aeroporto foi publicada na edição do Diário Oficial do Estado (DOE) do dia 8 de janeiro de 2014, quando o governador Rui Costa era secretário da Casa Civil. No mês seguinte, em 13 de fevereiro, o então governador Jaques Wagner assinou a ordem de serviço para a construção do equipamento, que beneficia uma população estimada em 2 milhões de pessoas no sudoeste da Bahia e norte de Minas Gerais.

Em visita ao novo equipamento, nesta quinta-feira (18), Rui lembrou que, nos últimos seis anos, os aeroportos Glauber Rocha e de Natal foram os únicos construídos no Nordeste. “Antes, os aviões vinham para Vitória da Conquista e não se sabia se iria pousar, por causa das serras e da neblina. Agora, isso não acontece mais. O novo aeroporto atende não somente a Bahia, mas também o norte de Minas. Na terça-feira [23], vamos fazer a inauguração oficial. A partir do dia 25, a Gol já vai operar aqui. Teremos voos diários para São Paulo e para Minas Gerais. Conquista, com certeza, será um dos principais aeroportos de fluxo do Nordeste”.

Em agosto de 2016, o Governo do Estado recebeu da Secretaria de Aviação Civil a autorização para licitar as obras do terminal de passageiros do novo aeroporto de Vitória de Conquista. O aviso de licitação da concessão pública do equipamento foi publicado no DOE de 30 de junho de 2018. A licitação foi marcada para 9 de agosto, na sede da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transporte e Comunicações (Agerba), em Salvador. A empresa vencedora é responsável pela gestão, manutenção e exploração das áreas e serviços do novo terminal pelo prazo de 30 anos.

O equipamento marca uma nova fase no transporte aéreo da região, no que se refere ao turismo de lazer, de negócios e à logística. Com o dobro de capacidade em relação ao antigo aeroporto, ainda é possível ampliar a movimentação para 500 mil passageiros até 2020. Outra novidade é que o Glauber Rocha também vai receber grandes aeronaves e minimizar as interferências climáticas nos pousos e decolagens por ter equipamentos mais avançados de navegação aérea. Um exemplo de grandes aviões que podem ser utilizados no novo aeroporto é o Boeing 773-700, com capacidade para 138 passageiros, que será operado pela Gol em voo diário para São Paulo (Guarulhos).

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas