CidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal
Trending

#Urgente: Moro pede demissão do Ministério da Justiça e Bolsonaro tenta reverter situação

Decisão foi tomada depois que o presidente comunicou a Moro sobre a decisão de exonerar Maurício Valeixo, amigo dos tempos da Lava Jato, da direção da Polícia Federal.

O ex-juiz da Lava Jato Sergio Moro pediu demissão do Ministério da Justiça após ser comunicado por Jair Bolsonaro da exoneração do diretor da Polícia Federal, Maurício Valeixo, do cargo. Bolsonaro estaria tentando, no momento, reverter a decisão de Moro. A informação é da Folha de S.Paulo e foi confirmada pelo site O Antagonista, que atua como porta-voz do ex-juiz.

O ministro foi avisado da troca no comando da PF em reunião no Palácio do Planalto. A mudança está programada para a próxima semana. Em setembro do ano passado, Moro ameaçou deixar o governo caso Maurício Valeixo fosse exonerado do comando da Polícia Federal. Diante da popularidade de Moro, Bolsonaro recuou.

Moro voltou para a frigideira de Bolsonaro no início deste ano, quando o presidente fez nova ameaça, de rachar o ministério da Justiça para alocar o ex-deputado Alberto Fraga, antigo amigo de bancada da bala, em pasta que cuidaria da Segurança Pública.

Maurício Valeixo é um nome de confiança de Moro na Polícia Federal. O delegado foi superintendente da Polícia Federal no Paraná e coordenou a operação de prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Foi também em sua gestão que foi fechada a delação de Antonio Palocci com a PF em Curitiba. A redação é do site da Revista Fórum.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios