Pular para a barra de ferramentas
AssessoriaCidadesCuriosidadesMenu PrincipalTop
Trending

#Chapada: Prefeito do PT que buscava a reeleição em João Dourado morre aos 72 anos devido a um infarto

O gestor morreu em Salvador e deixa esposa e cinco filhos; governador Rui Costa lamentou o falecimento em rede social.

Celso Loula Dourado, de 72 anos, prefeito do município de João Dourado, na Chapada Norte, morreu na madrugada desta quarta-feira (23), em Salvador, após sofrer um infarto em decorrência de uma pancreatite. O político era candidato à reeleição pelo Partido dos Trabalhadores (PT). Quem assume a prefeitura é a presidente da Câmara de Vereadores, Rita de Cássia, esposa de Celso.

Por meio de nota, a prefeitura de João Dourado informou que ele sofreu um descompasso cardíaco e foi internado no Hospital Regional de Irecê no início deste mês. Depois disso, o prefeito foi transferido para Salvador para fazer exames especializados.

O governador Rui Costa (PT) usou as redes sociais para lamentar o falecimento do gestor. “Quero manifestar meu profundo pesar pela morte do prefeito de João Dourado, Dr. Celso do PT. Que Deus conforte seus familiares, amigos e toda a população”, salienta Rui.

Mais dados
De acordo com dados publicados pelo G1, o prefeito sofreu uma arritmia e foi internado em hospital de Salvador, onde morreu após ter o ataque cardíaco. Ainda não há detalhes com relação à unidade onde ele estava hospitalizado. Ele deixa a esposa e cinco filhos. Celso Loula Dourado era médico desde 1977 e foi empossado como prefeito em 2017.

Quem assume a prefeitura é a presidente da Câmara de Vereadores, Rita de Cássia, esposa de Celso. O município de João Dourado perdeu o vice-prefeito em março de 2017. Celso Loula Dourado era neto do Coronel João José da Silva Dourado, fundador da cidade de João Dourado – que leva o nome dele. Jornal da Chapada com texto base do G1.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios