Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesMenu PrincipalSaúde
Trending

#Chapada: Itaberaba volta a registrar óbito causado pelo novo coronavírus e mais quatros casos positivos em 24h

Até o momento, as equipes de saúde computam 1.960 casos da doença infectocontagiosa; sendo 1.906 curados, 43 óbitos e 11 ativos.

Após dias sem nenhum registro de covid-19, o boletim epidemiológico do município de Itaberaba, portal de entrada da Chapada Diamantina, informa um novo óbito por causa da doença e mais quatro novos casos foram confirmados no município em 24h. Os dados foram divulgadas nesta quinta-feira (19) pela prefeitura de Itaberaba.

Até o momento, as equipes de saúde computam 1.960 casos da doença infectocontagiosa; sendo 1.906 curados, 43 óbitos e 11 ativos. Mais de 9 mil testes (entre rápidos e laboratoriais) já foram realizados; 35 pessoas seguem em monitoramento; e outras 25 foram enquadradas com suspeita de infecção.

Os dados do boletim foram consolidados por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) e pela Coordenação de Vigilância em Saúde e de Câmara Técnica até 17h da última quarta-feira (18).

No mapeamento por localidade foram identificados oito bairros da zona urbana com casos ativos, entre eles ‘Batalhão’ com quatro. Nenhuma comunidade da zona rural foi identificada com casos ativos.

Já sobre a taxa de ocupação das Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e leitos clínicos no município, segundo os dados da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab), dos 20 leitos de UTI ativos, 11 estão ocupados. E dos 20 leitos clínicos, três estão ocupados atualmente.

A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) ressalta que o uso de máscaras de proteção, higiene das mãos, e o distanciamento social são imprescindíveis no combate ao novo coronavírus. Caso tenha sintomas gripais (tosse, febre, coriza) procure a UPA 24h.

Jornal da Chapada

Etiquetas

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios