CidadesCuriosidadesMenu PrincipalMundo
Trending

Deputado Daniel Silveira é abandonado por Bolsonaro e líder do presidente na Câmara diz que “não é assunto do governo”

Titular do Planalto se calou sobre a prisão do deputado de sua base; Carlos foi o único do clã presidencial a se manifestar, em mensagem cifrada, sobre o episódio.

Se o deputado bolsonarista Daniel Silveira (PSL-RJ) achava que teria a fidelidade do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em qualquer situação, talvez seja melhor rever seus conceitos. Além de o titular do Planalto não ter se manifestado publicamente sobre sua prisão até o início da tarde desta quarta-feira (17), outro sinal foi dado de que ele não terá o apoio do governo.

Em entrevista ao Valor Econômico, o líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR), disse que o Executivo não vai se posicionar na votação em plenário sobre a manutenção ou revogação da prisão de Silveira. “Não é assunto do governo”, afirmou. A declaração mostra que Bolsonaro não deve tentar interferir na decisão dos parlamentares sobre a prisão de um dos mais árduos defensores da tropa de choque ideológica do bolsonarismo na Câmara.

Entre os familiares políticos do presidente, somente o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) se posicionou em redes sociais sobre a prisão. E, ainda assim, a seu estilo, de maneira cifrada. Na manhã desta quarta-feira (17), ele tuitou: “Sinto meu estômago embrulhado como não sentia há tempos!”.

Nem seu pai nem seus irmãos Flávio e Eduardo haviam se manifestado publicamente até as 14h desta quarta. Silveira foi preso na noite desta terça-feira (16) por ordem do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). O mandado veio depois de o bolsonarista publicar vídeo atacando os ministros da Corte e defendendo o AI-5. A redação é do site da Revista Fórum.

Leia também

#Urgente: PF prende deputado bolsonarista após decisão do STF sobre ataque a ministros

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios