CidadesCuriosidadesMenu PrincipalMundo
Trending

#Brasil: Após polêmica, Exército brasileiro cancela compra de R$80 mil dos bonecos do Rambo

A compra seria feita pelo Batalhão Mauá, de Araguari, Minas Gerais, mas os produtos deverão ser distribuídos para outras unidades do Exército.

Compra cancelada! A pandemia já mata mais de duas mil pessoas por dia, mas, mesmo assim, o Exército brasileiro gastaria R$730 mil em brindes e materiais para fotografia. A lista incluía 110 ‘kits para churrasco’, acondicionados em uma maleta de alumínio, com uma gravação a laser na tampa e com o brasão do Exército. Os kits são avaliados em R$18.400 mil.

Também estão incluídos na lista de brindes canetas, bonés e placas de todo o tipo. Somente com bonecos de soldados em miniatura, de dois tipos, em forma de Rambo, seriam gastos R$80 mil. A compra seria sendo feita pelo Batalhão Mauá, de Araguari, Minas Gerais, mas os produtos deverão ser distribuídos para outras unidades do Exército.

Foi meio de nota ao site da Revista Veja que o Exército informou que a compra foi cancelada por ato publicado no Diário Oficial: “Havia sido divulgado apenas o aviso da intenção de uma Ata de Registro de Preços, relacionada à aquisição destes produtos. O aviso foi revogado menos de 24 horas após o seu lançamento, por iniciativa da própria unidade militar. Ou seja, não houve sequer a abertura do Pregão Eletrônico no Sistema de Divulgação Eletrônica de Compras (SIDEC), conforme pode ser comprovado no próprio Sistema e no Diário Oficial desta segunda-feira”. Da Coluna Radar, da Revista Veja.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios