CidadesCulturaCuriosidadesMenu Principal
Trending

#Bahia: Prefeito de Salvador deve avaliar possibilidade de festa de réveillon após análise do impacto da delta no sistema de saúde

De acordo com Bruno Reis, a realização dos festejos de réveillon tem sido debatida com prefeitos de outras capitais do Brasil.

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), disse que vai acompanhar o impacto do aumento no número de casos da variante delta no estado, no sistema de saúde da capital baiana, no mês de outubro, para avaliar a viabilidade da realização da festa de réveillon na capital baiana.

A informação foi divulgada na manhã desta segunda-feira (27) durante uma coletiva de imprensa, em que Bruno Reis também falou sobre um convênio entre a Prefeitura de Salvador e o Sebrae, que vai permitir o mapeamento de startups na capital baiana.

“Ela [variante delta] ainda não provocou impacto no sistema de saúde. Nessa manhã, nós amanhecemos mais uma vez com as UPAs sem nenhum paciente aguardando leitos de UTI ou enfermaria”, disse o prefeito Bruno Reis. De acordo com ele, a realização dos festejos de réveillon tem sido debatida com prefeitos de outras capitais do Brasil.

“Eu vou aguardar, ainda no mês de outubro, para avaliar o que está acontecendo no Brasil e no mundo, em relação à realização de eventos, o que todos estão planejando. Eu tenho conversado com outras capitais, com Belo Horizonte, com Rio de Janeiro, com São Paulo, com Fortaleza, para ver o que é possível fazer em relação ao réveillon”, afirmou o gestor.

Além do impacto da variante, outro ponto destacado por Bruno Reis é o avanço da vacinação contra Covid-19 em Salvador. O prefeito afirmou que atualmente 55 mil pessoas, acima de 18 anos, estão habilitadas para tomar o imunizante, mas ainda não optou por se vacinar.

“Nós estamos avaliando o avanço da vacinação. Inclusive, para vocês terem ideia, acima de 18 anos, nós já tivemos 120 mil pessoas sem se vacinar e esse número está em 55 mil”. “Se nós considerarmos a população adulta, nós vacinamos 97.2% da população adulta com a primeira dose. Um percentual alto, elevado, em relação a outros países”, contou o prefeito.

Variante delta
No último sábado (25), a Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) informou que o Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen) detectou mais 58 amostras da variante delta no estado, por meio de sequenciamento genético. Com estes novos registros, a Bahia tem, ao todo, 72 casos da variante, com dois óbitos.

A delta é considerada mais transmissível que as outras variantes. Há cinco dias, a secretaria tinha divulgado que a Bahia registrava 14 casos, no total. Os novos números apontam um crescimento de mais de 500% em menos de uma semana.

Tubo de ensaio com variante Delta | FOTO: Reprodução/Freepik |

Conforme a Sesab, os novos casos da delta foram identificados em pacientes que residem nos seguintes municípios: Aporá, Baixa Grande, Barrocas, Bonito, Brumado, Camaçari, Canavieiras, Cícero Dantas, Coribe, Entre Rios, Feira de Santana, Ilhéus, Itabuna, Lauro de Freitas, Maracás e Nilo Peçanha, Maraú, Medeiros Neto, Muritiba, Nova Fátima, Pé de Serra, Prado, Riachão do Jacuípe, Salvador, São Gonçalo dos Campos, Simões Filho, Teixeira de Freitas, Vereda.

Além desses, outros casos tinham sido registrados em Conceição do Almeida, Sapeaçu, Senhor do Bonfim, Vitória da Conquista, além de um tripulante de um navio ancorado na capital baiana.

Réveillon
No dia 11 de agosto, o governador da Bahia, Rui Costa, disse que considera prematuro os anúncios de festas de réveillon feitos por algumas empresas do entretenimento. Rui Costa sugeriu que as pessoas comuniquem o Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) e o Ministério Público da Bahia sobre os anúncios dos eventos.

Empresas do setor de entretenimento da Bahia começaram a divulgar programações de festas de réveillon para o final do ano. O movimento foi feito após o aumento do número de pessoas vacinadas contra Covid-19 e a queda das taxas de ocupação das Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).

Em Cairu, cidade que fica no baixo sul do estado, a festa está programada para Boipeba e Morro de São Paulo, regiões que são muito procuradas por turistas durante o período do réveillon. Em Porto Seguro, a festa mais conhecida da região já foi anunciada.

Em Maraú, no sul da Bahia, a organização da festa “Mil Sorrisos” confirmou os artistas Jorge e Mateus, Gusttavo Lima, Thiaguinho, Wesley Safadão e Bell Marques como algumas das atrações do tradicional evento de réveillon. Em Praia do Forte, no município de Mata de São João, na região metropolitana de Salvador, o réveillon deve reunir 2.500 pessoas.

No dia 22 de setembro, Rui Costa liberou eventos com a presença de até 1.100 pessoas, na Bahia. A publicação foi feita no Diário Oficial e é válida até 1ª de outubro deste ano. Até então, o limite máximo permitido de participantes era de mil pessoas por evento.

A liberação é para eventos como cerimônias de casamento, eventos urbanos e rurais em locais públicos ou privados, circos, parques de exposições, formatura, feiras, passeatas e afins. Também está liberada a realização de eventos com venda de ingressos. As informações são do G1 Bahia.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios