CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolítica

Chapada: Deputado homenageia prefeito de Macajuba na Assembleia; assassino ainda não foi preso

targino
O deputado estadual Targino Machado se pronunciou na última segunda-feira em homenagem ao prefeito assassinado na Chapada Diamantina | FOTO: Montagem do JC/Reprodução |

O deputado estadual Targino Machado (DEM) emitiu moção de pesar e homenageou o prefeito do município de Macajuba, na Chapada Diamantina, Fernão Sampaio (PMDB), que foi assassinado na última quinta-feira (2). A homenagem do parlamentar aconteceu em plenário na Assembleia Legislativa da Bahia, na segunda-feira (6). De acordo com informações, até o momento a delegacia local não encontrou o acusado, conhecido por “Binho de Moacir”, que teria discutido com Sampaio, no mesmo dia da morte do gestor, por causa de desapropriação de terreno próximo à prefeitura municipal. Mesmo muito abalado pelo assassinato do prefeito, o deputado Targino pediu aos pares, em um momento emocionante, um minuto de silêncio do plenário e rezou, na sequência, o “Pai-Nosso” ao lado de todos os presentes no local.

Leia também:
Chapada: Moradores de Macajuba exigem prisão de suspeito de ter assassinado prefeito
Chapada: Desapropriação é apontada como motivo de assassinato de prefeito de Macajuba
Chapada: Polícia encontra carro e pertences do homem suspeito de matar prefeito de Macajuba

“Não perdi um companheiro, um aliado político ou um prefeito. Perdi um amigo de 30 anos e, com certeza, se duas vezes 30 anos eu tivesse ainda de vida não me seriam, suficientes, bastante para construir uma amizade tão sólida como tinha com Fernão. Quis Deus que, na última quinta-feira, isso acontecesse. Quando soube do seu falecimento estava preparando o bacalhau que ele pediu para comer comigo, e a minha família, na fazenda. O litro de uísque que ele pediu para comprar ficará lacrado e, enquanto vida tiver, ninguém provará dele”, afirma Targino.

Ainda segundo o parlamentar, o assassinato de Fernão é a prova da falência dos valores morais das famílias e da falta de amor ao próximo. De acordo com Targino, a gestão pública de Fernão, enquanto prefeito de Macajuba, foi uma referência para todos os gestores do estado. “Quem não conhece Macajuba, não conhece a gestão pública que honra a Bahia. Fernão foi um homem probo, honesto e melhor gestor que tive oportunidade de conhecer. Ele negava toda essa prosa e verso dos prefeitos que dizem que os municípios não têm dinheiro e são pobres. Com toda a pobreza e dificuldades, Fernão conseguiu ser um prefeito formidável”, disse.

Leia também:
Chapada: Prefeito de Macajuba é assassinado em praça pública; Fernão era filiado ao PMDB
Chapada: Suspeito de matar a tiros prefeito do município de Macajuba está foragido
Chapada: Corpo do prefeito de Macajuba é cremado em Salvador; UPB declara ‘indignação e repúdio’

Mais mortes de prefeitos
Conforme informações divulgadas pela Coluna Tempo Presente, do jornal A Tarde, nos últimos quatro anos, dois outros gestores municipais foram assassinados no estado. Fernão Sampaio, Procópio Alencar, de Jussiape (25 de novembro de 2012), e Rielson Lima, de Itagimirim (29 de julho do ano passado). No caso de Jussiape, o assassino morreu no ato em troca de tiros com a polícia. O de Itagimirim até hoje está sem solução.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas