Pular para a barra de ferramentas
ArtigosCidadesCuriosidadesMenu Principal

[Artigo]: Uma modalidade empresarial que reduz custos

foto1
Severino Mamede é consultor do Escritório Virtual Brasil | FOTO: Reprodução |

Por Severino Mamede*

O empresário no Brasil precisa enfrentar diversos obstáculos para se manter firme nos negócios. Além dos altos encargos, os valores cobrados por aluguéis de salas comerciais em áreas nobres da cidade, por exemplo, dificultam ainda mais a vida dos empreendedores, principalmente, aqueles que estão iniciando agora.

Como alternativa, estão surgindo os chamados escritórios virtuais. Não se tratam de locais digitais ou on-line. Mas, sim, uma nova modalidade empresarial. A proposta é poder oferecer a estrutura completa de um escritório mobiliado e decorado a custos realmente baixos.

Essa tendência mercadológica nasceu nos Estados Unidos e na Europa, consequentemente sendo desenvolvida no Brasil. Surgiu com o objetivo de proporcionar aos locatários uma estrutura administrativa capaz de reduzir de maneira significativa as despesas fixas e variáveis de empresas e profissionais liberais.

Numa sala convencional, por exemplo, gastam-se, geralmente, mais de R$ 2.500,00 mensais. Como se sabe, a lista de contas é bem extensa. É o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), a água, a luz, a secretária para anotar recados, a manutenção regular dos móveis, a limpeza semanal, o próprio aluguel e o condomínio que varia bastante de um lugar para o outro. Enquanto a folha de pagamentos aumenta, os lucros só diminuem. Isso provoca o desânimo e a desconfiança em relação ao futuro do negócio ao empreendedor.

Sem contar o investimento inicial de R$ 20 mil para mobiliar e estruturar uma sala comercial. Essas altas despesas iniciais impedem muitos de iniciar seu projeto por conta da falta de recursos iniciais. Isso provoca o desânimo e a desconfiança em relação ao futuro do negócio ao empreendedor.

Porém, a modalidade virtual possui diversas vantagens para quem busca reduzir os custos e se fortalecer financeiramente ou dar seus primeiros passos. Esses escritórios alugam tempo fracionado da estrutura, com a possibilidade de informar aos clientes sobre o endereço físico comercial.

Muitos não sabem, mas nesse tipo de escritório é possível usufruir imediatamente das instalações e serviços, como computadores conectados à internet, telefone, recepcionista, copa, entre outras funcionalidades num local climatizado. Logo após o fechamento do contrato, pode-se dar início as atividades da empresa. É só agendar os horários. E pronto.

É o ideal para quem está começando a trabalhar ou tem um home-office e não quer expor no site ou no cartão de visitas o endereço da residência, mas, sim, um comercial. Isso ajudará a dar um tom mais profissional no atendimento aos clientes atuais e em negociação.

Ainda é uma forma de trocar uma estrutura onerosa de aluguel, condomínio, secretária, telefone e impostos por outra que funciona da mesma forma com uma economia em torno de 80%. Com a redução dos gastos, sobram-se recursos para mais investimentos para alçar voos maiores.

*Severino Mamede é consultor do Escritório Virtual Brasil –

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios