AssessoriaCidadesCuriosidadesMenu Principal

Com 42% dos votos, onça-preta do Zoológico de Salvador é batizada de Diaurum

foto5
Diaurum nasceu no dia 15 de agosto deste ano e se encontra no berçário para maiores cuidados | FOTO: Ascom/Inema |

Cerca de seis mil votos populares decidiram que o mais novo felino do Parque Zoobotânico Getúlio Vargas (Zoológico de Salvador), uma onça-preta, deve se chamar Diaurum. De origem indígena, o nome, que significa onça preta e poderosa, recebeu 42% dos votos no site do Zoo. Zumbi dos Palmares ficou em segundo, com 37%, e Osório, em terceiro, somou 20%.

Diaurum nasceu no dia 15 de agosto deste ano e se encontra no berçário para maiores cuidados. A grande novidade desta reprodução foi o fato de ser um filhote macho, nascimento que não acontecia no nosso Zoo há mais de 10 anos. O animal nos primeiros dias de vida recebeu uma atenção especial, com monitoramento feito por uma equipe de veterinários e biólogos do Zoológico.

O coordenador do Parque, Gerson Norberto, destacou os procedimentos técnicos realizados no Zoo como principal fator para o sucesso na reprodução em cativeiro. “A reprodução em cativeiro é uma importante ferramenta para manutenção das espécies. Para isso, contamos com uma equipe especializada, desenvolvendo ações de medicina preventiva, nutrição, ambientação dos recintos, entre outros, que garantem o bem-estar animal”.

Desde 2007 o Zoo prioriza a conservação e promove pesquisas científicas com espécies silvestres da fauna e flora nacional, com ações em cativeiro. O Zoológico de Salvador foi o primeiro do País a participar efetivamente em múltiplos programas de manejo, reprodução e pesquisa com espécies brasileiras.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios