AssessoriaCidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolíticaTop
Trending

#Chapada: Prefeito reeleito de Utinga, Joyuson Vieira é diplomado e parte para o seu quarto mandato como gestor

O gestor Joyuson Vieira recebeu o seu diploma em seu gabinete, acompanhado dos sete vereadores e suplentes eleitos em sua coligação.

Prefeito eleito do município de Utinga, na Chapada Diamantina, Joyuson Vieira Santos (PSB) foi diplomado nesta quarta-feira (16) para mais quatro anos de gestão. O seu vice Átila Karaoglan (PSB) também foi diplomado, além dos 11 vereadores que compõem o Poder Legislativo Municipal.

O ato jurídico foi realizado na tarde desta quarta, pela Justiça Eleitoral da 69ª Zona Eleitoral com sede na comarca de Utinga e foi presidido pelo juiz eleitoral Leonardo Carvalho Tenório de Albuquerque, sobre a coordenação do Ministério Público Eleitoral. Este ano, devido à pandemia do novo coronavírus, a solenidade foi na modalidade virtual.

Entretanto, o prefeito Joyuson Vieira recebeu o seu diploma em seu gabinete, acompanhado dos sete vereadores e suplentes eleitos em sua coligação: Bebel (PSDB), Jorge de Américo (PSDB), Nego de Pau Peba (PT), Vermelho (PSB), Maradona (PSDB), Jonas Aguiar (PSB) e Veinho de Belarmino (PT). Nesse ato restrito, todos os participantes estavam de máscaras, além de seguirem todos os protocolos de saúde pública de prevenção à covid-19.

Para quem não sabe, a diplomação é o ato pelo qual a Justiça Eleitoral atesta que o candidato foi efetivamente eleito pelo povo e, por isso, está apto a tomar posse no cargo em 1° de janeiro. No ato, que muitas vezes é em solenidade da Junta Eleitoral da Região, ocorre a entrega dos diplomas aos eleitos, prefeitos, vereadores e suplentes.

Em contato com o Jornal da Chapada, o prefeito eleito de Utinga, disse que vai assumir o quarto mandato para ajudar no processo de desenvolvimento socioeconômico do município e na continuidade dos projetos em andamento na região.

“Ser prefeito da cidade que ama é uma distinção por demais lisonjeira para qualquer daqueles que tem a honra de ser o escolhido por sua gente. Ser eleito e diplomado pela quarta vez e, ainda mais, vencendo velhas oligarquias, novas promessas e costumeiras candidaturas adaptáveis a toda e qualquer negociação para chegar ao poder, é mesmo, algo indescritível. Uma honraria para muito poucos obstinados, ungidos por Deus, e, escolhidos pelo voto livre e soberano do seu povo. Quatro vezes obrigado, Utinga”, frisa Joyuson.

Só tomarão posse no dia 1º de janeiro se 2021, os eleitos que receberam os diplomas da Justiça Eleitoral, tendo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) estipulado o prazo limite de até esta sexta-feira, dia 18 de dezembro.

Jornal da Chapada

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios