CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolíciaTop
Trending

#Bahia: Duas pessoas morrem após explosão de casa clandestina de venda de fogos de artifício em Crisópolis

Inquérito foi instaurado para apuração e polícia diz que espaço funcionava como fábrica clandestina.

Após a explosão de uma casa de vendas de fogos de artifício em Crisópolis, no agreste baiano, duas pessoas que estavam desaparecidas nos escombros foram encontradas mortas nesta quarta-feira (14).

De acordo com a polícia, as vítimas foram identificadas como Ebervan Souza Reis, de 49 anos, Fernanda Santana Batista, de 35. Ambos eram casados.

Conforme o Corpo de Bombeiros, além dos dois óbitos, outras três pessoas foram resgatadas dos escombros com vida. Os bombeiros atuaram no resgate de cinco vítimas. Com isso, as buscas foram encerradas e a ocorrência foi finalizada.

As investigações apontaram que o local funcionava, também, como uma fábrica clandestina e que um dos proprietários do estabelecimento foi preso por equipes da Delegacia Territorial (DT) de Crisópolis e da 2ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Alagoinhas).

As informações preliminares do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), citam que, no mínimo, 10 pessoas ficaram feridas. Uma delas foi uma adolescente de 13 anos, que foi transferida para o Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador. Não há detalhes do estado de saúde dela.

Foi instaurado um inquérito policial para investigar o fato. Os laudos periciais, depoimentos e demais elementos coletados auxiliarão na elucidação das causas da explosão.

O proprietário do estabelecimento foi autuado pela posse e fabricação de artefato explosivo sem autorização e está preso à disposição da Justiça.

Caso
A casa de venda de fogos, que funcionava também como fábrica clandestina, explodiu na Avenida Nelson Santiago, uma das principais da cidade.

A explosão atingiu outras três casas próximas, conforme informou o Corpo de Bombeiros. Sendo que duas delas ficaram completamente destruídas e uma ficou em chamas. Não há mais focos de incêndio.

A Defesa Civil do Estado da Bahia (Sudec) foi ao município de Crisópolis, para avaliar os danos causados pela explosão e auxiliar nas ações de assistência às vítimas.

Ainda segundo a Sudec, outros cinco imóveis da região tiveram as estruturas abaladas pela explosão.

Além disso, a prefeitura de Crisópolis informou que uma parte da energia elétrica da cidade foi desligada para não ocorrer acidentes. Jornal da Chapada com informações de G1.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios