AssessoriaCidadesCuriosidadesMenu Principal

Final de semana de céu parcialmente nublado a claro em parte da Chapada Diamantina

fotor
Durante a noite e nas primeiras horas da manhã, os índices diminuem significativamente, podendo chegar a temperaturas mínimas de até 16°C, principalmente nas áreas serranas da Chapada Diamantina e no sudoeste do estado | FOTO: Jornal da Chapada |

Para os próximos dias o tempo na Bahia segue sem grandes mudanças, principalmente, no Oeste, São Francisco e Norte, pois a massa de ar quente e seco continua atuando com maior intensidade nessas regiões, mantendo a nebulosidade e as chances de ocorrer chuvas reduzidas. As temperaturas nessas áreas permanecem elevadas, com máximas podendo atingir 40ºC, o que pode contribuir para a ocorrência de chuvas isoladas, especificamente, no extremo oeste baiano.

Além disso, a atuação desse sistema continua refletindo nos índices de umidade do ar, os quais se mantêm relativamente baixos, com valores mínimos inferiores a 20%, o que, segundo a Organização Mundial de Saúde – OMS, é considerado estado de alerta. Assim, recomenda-se suprimir exercícios físicos e trabalhos ao ar livre entre às 10h e às 16h, evitar aglomerações em ambientes fechados, bem como umidificar o ambiente através de vaporizadores, toalhas molhadas, recipientes com água, usar soro fisiológico para olhos e narinas, consumir água a vontade e, sempre que possível, permanecer em locais protegidos do sol.

Leia também
Bahia terá temperaturas máximas entre 35ºC e 40ºC nos próximos dias da semana

Essa previsão de pouca ou nenhuma chuva nessas áreas do Estado, juntamente com a vegetação que já se encontra ressecada, aumenta o risco de ocorrência de novos focos de queimadas, ou, até mesmo, intensificar aqueles já existentes. Com isso, mantém-se o alerta quanto à utilização do fogo nas atividades de campo, principalmente, na preparação do solo para o próximo plantio e/ou renovação de pastos para os animais, já que, uma simples ponta de cigarro ou uma faísca pode dar origem a uma grande queimada, o que pode trazer grandes prejuízos para essas regiões.

foto
Piatã volta a registrar as menores temperaturas do estado | FOTO: Reprodução/Inema |

Para a Chapada Diamantina e Sudoeste, onde esse sistema também está influenciando o tempo, embora com menor intensidade, a previsão é de céu parcialmente nublado a claro. Com essa pouca nebulosidade, as temperaturas se elevam, e as máximas poderão chegar aos 37°C, especialmente ao longo da tarde. Entretanto, durante a noite e nas primeiras horas da manhã, esses índices diminuem significativamente, podendo chegar a valores de até 16°C (mínimas), principalmente nas áreas serranas dessas regiões.

Na faixa leste da Bahia, que inclui as regiões Nordeste, Recôncavo e Sul, são os ventos úmidos vindos do Oceano Atlântico os responsáveis por favorecer o aumento da nebulosidade e das chances de ocorrer chuvas fracas, sobretudo, nas localidades mais próximas ao litoral incluindo também a cidade de Salvador e região metropolitana. Vale destacar que no dia 25 (domingo), a passagem de uma frente fria vinda do Sudeste brasileiro, poderá intensificar esses ventos e, consequentemente, as chuvas no Sul do Estado. As temperaturas nessas áreas permanecerão elevadas, com valores variando entre 19°C (no Sul) e 36°C (no Nordeste).

fotor

Maré
Para o período entre os dias 23/10 (sexta-feira) e 25/10/2015 (domingo), a maré deverá atingir sua altura máxima entre 00h às 03h e entre 12h às 15h, com valores variando de 1,8 a 2,9 metros. Já as alturas mínimas deverão ser registradas no período entre às 06h e às 09h e entre 18h às 21h, com valores variando de 0,1 a 0,5 metros. As ondas previstas para esse período deverão ter agitação fraca, com altura máxima podendo chegar a 1,5 metros.

Índice de Radiação Ultravioleta
Uma das características da primavera é o aumento da incidência de radiação solar e, consequentemente, a elevação dos Índices de Radiação Ultravioleta (IUV’s). Esse aumento pode ser verificado entre os dias 23 (sexta-feira) e 25 (domingo), quando os Índices previstos deverão variar de 12 a 13. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) estes IUV’s estão classificados na categoria de intensidade “Extrema” e, por isso, os cuidados quanto à exposição prolongada à radiação solar devem ser mantidos, principalmente, nos horários das 10 às 16 h, quando há maior incidência. Para isso, recomenda-se o uso de protetor/filtro solar, chapéus, bonés, óculos escuros e roupas leves.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios