Brigadistas atuam no rescaldo dos incêndios debelados na madrugada no Vale do Capão; energia fraca atrapalha

Postado em nov 21 2015 - 10:15am por Jornal da Chapada
foto5

Estamos sem água porque a energia está fraca para ligar a bomba do poço. Isso dificulta muito nossas ações de combate, diz a ACV-VC pedindo ajuda à Coelba para resolver a situação | FOTO: Divulgação/ACV-VC |

O sábado (21) é de trabalho intenso na região do Vale do Capão, no município de Palmeiras, na Chapada Diamantina, para fazer o rescaldo de áreas que tiveram o fogo debelado. Mas as dificuldades técnicas continuam atrapalhando a atuação de brigadistas nesta manhã. “Os trabalhos de ontem [sexta-feira, 20] continuaram noite à dentro e a desmobilização da brigada foi praticamente ao mesmo tempo em que outra brigada [de rescaldo] estava entrando [por volta das 6h da manhã]. Os trabalhos de hoje [sábado] já começaram com dificuldades, pois contávamos com uma moto-bomba [pertence ao ICMBio], que não chegou para o trabalho de rescaldo”, aponta informativo da Associação dos Condutores de Visitantes do Vale do Capão (ACV-VC).

foto5

A fumaça de incêndio na região é avistada da cidade de Palmeiras | FOTO: Sandra Ramos |

Por volta das 00h35 deste sábado (21), a ACV-VC informou, por meio de suas redes sociais, que os focos de incêndios na ‘Moitinha’ (Vale do Capão) e em Conceição dos Gatos (a 9km do Vale) foram debelados. “Teremos que organizar uma brigada para o rescaldo de amanhã [sábado, 21]”, aponta o post no Facebook. Conforme a associação, nesta manhã, a fumaça é tão intensa no Vale que há dificuldade em avaliar a área queimada da sexta. “Estamos mobilizando outra brigada para o rescaldo na Moitinha [final do Vale], além da que já está no Morro Branco. Ainda existe uma linha de fogo grande seguindo por trás da Moitinha para a região do Rio Ancorado”.

Leia também:
Fogo na Chapada: Novo foco de incêndio aparece na região de Mucugê
Fogo não está controlado; brigadistas combatem chamas dentro e fora do Parque Nacional da Chapada Diamantina
Situação dos incêndios florestais na Chapada Diamantina será apurada pelos Ministérios Públicos
Conversa bonita e mãos cheias de doces não resolvem o fogo na Chapada, diz presidente da Cifa

Segundo boletim, no momento são poucos os brigadistas para combater essa linha de fogo existente e, por isso, a ACV-VC deve continuar priorizando o rescaldo da área debelada na madrugada. “Além das dificuldades geradas pela situação do fogo tivemos problemas com o fornecimento de energia elétrica [Coelba], que afetou o abastecimento de água aqui da sede e do povoado dos Campos. Estamos precisando de ajuda para conseguir junto à Coelba que estabilize a energia no Vale do Capão. Estamos sem água porque a energia está fraca para ligar a bomba do poço. Isso dificulta muito nossas ações de combate”. Duas brigadas realizam o rescaldo dos focos que foram debelados na madrugada.

foto5

Fogo na região da ‘Moitinha’ foi debelado, mas ainda há uma linha de fogo por traz dela que preocupa os brigadistas | FOTO: Divulgação/ACV-VC |

A ACV-VC continua recebendo as doações que chegam de diversas regiões da Bahia, outros Estados e até de fora do Brasil. Quem quiser contribuir com alimentos, os brigadistas estão precisando de alguns itens. É preciso também alguns alimentos perecíveis para lanche, como barrinhas de cereais, bebidas isotônicas, granola, enlatados como ervilha, milho, legumes, azeitona e sucos de caixinha. Os alimentos perecíveis que podem ser doados são queijo, manteiga e margarina, verduras e legumes, como cebola, tomate, alho, pimentão, abóbora.

Jornal da Chapada

Leia também:
Secretário diz que incêndio na Chapada atinge 15 mil hectares: ‘Talvez não se possa superar’
Campanhas de universidades arrecadam doações para brigadistas que combatem o fogo na Chapada
Massa de ar quente volta a ganhar força e diminui a nebulosidade e chance de chuvas na Chapada
Fogo na Chapada: Aeronave da FAB lança 48 mil litros de água em Mucugê e Morro Branco

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

2 Comentários Sinta-se livre para participar desta conversa.

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.