Festival Vozes na Chapada e Feira de Morangos estimulam turismo na região de Mucugê

Postado em jul 31 2017 - 6:03pm por Jornal da Chapada
capa

Cerca de três mil pessoas devem participar dos eventos, atraindo turistas interessados em música e no ecoturismo da região chapadeira | FOTO: Montagem do JC/Setur/Depois da Curva |

A partir desta quinta-feira (3), o município de Mucugê, na Chapada Diamantina, recebe o 9° Festival Vozes na Chapada, que vai reunir grupos musicais de cidades baianas e de outros estados. Cerca de três mil pessoas participam deste evento anual, que atrai turistas interessados em música e no ecoturismo da região.

Mucugê, Rio de Contas, Andaraí e Lençóis fazem parte do complexo geológico que compõe o Parque Nacional da Chapada Diamantina, uma região rica em belezas naturais, com cachoeiras, cânions e montanhas. “O festival ocupa uma posição de destaque no calendário de eventos da Bahia. O setor hoteleiro tem ocupação superior a 90% nos dias de festival, e o comércio registra intenso movimento”, destaca Ângela Pina, produtora cultural e organizadora do evento.

Sob a direção artística do maestro Alcides Lisboa, o encontro prossegue até o sábado (5). A programação inclui apresentações, oficina de canto, com o reconhecido maestro Eduardo Morelenbaum, e passeios para conhecer as ações do Projeto Sempre Viva, de preservação do meio ambiente e recursos naturais.

morango

No mesmo período acontece também a 1ª Feira do Morango de Mucugê, considerando que o município é grande produtor da fruta | FOTO: Divulgação |

No mesmo período acontece também a 1ª Feira do Morango de Mucugê, considerando que o município é grande produtor da fruta. Licores, tortas, doces e frutos in natura estarão em exposição, e o evento inclui palestra sobre técnicas de plantio e manutenção da produção. No encerramento, haverá show de jazz e blues.

Promovidos pela Prefeitura Municipal, empresários e comunidade, os eventos contribuem para driblar os efeitos da sazonalidade, aumentando o fluxo turístico e movimentando a economia de Mucugê. “Estas iniciativas contribuem para garantir a sustentabilidade econômica dos equipamentos turísticos”, afirma o secretário municipal de Turismo, Cultura e Meio Ambiente, Euvaldo Ribeiro.

Mucugê tem vocação para o ecoturismo, mas os turistas que visitam a cidade também se encantam com a arquitetura colonial preservada e o legado histórico que remonta ao período da exploração do ouro e diamantes na Chapada Diamantina. Nesta época do ano, a temperatura em torno de 12°C acrescenta charme ao destino. As informações são da Setur.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.